Pelos seus próprios pés

NM1234_moda02

Publicidade

A aposta é num produto 100% nacional e já está disponível em 20 países.

Gonçalo Henriques e Rafic Daud, empresários, são amigos desde os dois anos. E apaixonados por sapatos. A pouca diversidade no mercado de calçado para homem acabou por se transformar numa oportunidade de negócio: a Undandy, que tem mais de 156 mil milhōes de combinaçōes possíveis, disponíveis numa plataforma online.

Sentiam a falta de variedade nos sapatos para homem e uma visita ao processo de personalização de automóveis foi o momento «eureka». «Se já existe a possibilidade de personalizar um carro até ao mais ínfimo pormenor, por que não personalizar um sapato, pensámos nós», explica Gonçalo Henriques, um dos sócios fundadores da Undandy. Cientes que o projeto não era original, uma vez que já existiam marcas a fazê-lo a preços muito elevados e com prazos de entrega morosos, apostaram numa nova abordagem que passa por dar ao consumidor a oportunidade de escolher o que quer, numa apelativa relação qualidade-preço e com rapidez no tempo de encomenda através de uma plataforma online. O processo de fabrico está a cargo de uma empresa em São João da Madeira, escolha que visa fortalecer a garantia de qualidade.

A Undandy pretende «renunciar à conotação superficial de dandy e dar ênfase ao “culto do eu”. Ser único, sem dar nas vistas. Conspicuously Inconspicuous é a essência da marca, a exuberante arte de ser discreto», diz Rafic Daud, que, como o amigo Gonçalo Henriques, tem 37 anos. Gonçalo é especialista em estratégia comercial e gestão de produtos, formado em Engenharia e Gestão Industrial, pelo Instituto Superior Técnico, e Rafic, mestrado em Economia pela Universidade Nova de Lisboa e com um MBA na Cass Business School, em Londres, trabalhou 15 anos no setor do retalho de luxo.

Oferecer ao consumidor masculino o que deseja calçar passa por ter «a partir de três formas, 75 modelos e uma panóplia de cores variada, capaz de oferecer mais de 156 mil milhões (mais precisamente 156 688 257 600) de sapatos diferentes».

NM1234_moda03

E as mulheres? Gonçalo e Rafic dizem que embora o ADN da marca seja «claramente masculino», após vários pedidos de amigas viram-se «forçados» a incluir alguns modelos com números de senhora. Fomentar a sinergia promocional com outros projetos é também uma das grandes apostas e o resultado é a parceria com o designer Nuno Gama, que na sua coleção SS 2016, apresentada na última edição da Moda Lisboa, no tema «África», incluiu uma coleção de oito modelos desenhados pelo Nuno Gama com o selo Undandy: «Undandy by Nuno Gama.» Para o designer, esta associação vem no seguimento de uma necessidade de os clientes poderem coordenar o calçado com o restante vestuário, com «uma excecional qualidade e exclusividade. No fundo é alfaiataria só que em calçado», diz Nuno Gama.

No prazo de cinco anos a marca quer ganhar o estatuto de referência de calçado na Europa, desafiando os grandes concorrentes do setor.