Porque é que se sente sempre cansado?

É uma pergunta que paira na cabeça de muita gente e não há uma única resposta, há, isso sim, vários motivos para uma persistente e cansativa falta de energia. E não, isto não é preguiça.

Texto NM | Fotografia Shutterstock

Sente-se exausto e nem sabe bem porquê, só sabe que custa-lhe reagir, como se houvesse um mecanismo invisível a aspirar forças dia após dia? É um cansaço que teima em desaparecer, um peso que não passa.

Há várias explicações para essa exaustão constante. Ou não dormiu o suficiente ou dormiu mal. Os níveis de ferro podem estar em baixo. Ou então pode ser uma doença a moer – uma febre ou uma gripe forte deixam o corpo de rastos. E há ainda a depressão e a ansiedade que podem interferir no bem estar físico e mental.

Por vezes, os sintomas de fadiga crónica confundem-se com os da depressão. A artista plástica britânica PJ Palits, que aborda questões da saúde mental, interessada e atenta a estes assuntos, abriu conta no Twitter para partilhar informações. Informações sucintas para explorar a ligação entre depressão e exaustão.

Conheça algumas na fotogaleria que se segue e se se identifica com algumas delas, talvez seja o momento de procurar ajuda.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.