OPINIÃO

Peixe chato? Só de aspeto!

[Conteúdo Patrocinado]  Os romanos achavam-na parecida com uma sandália, os nativos do litoral brasileiro diziam que se parecia com uma língua... já descobriu do que estamos a falar?

Seja qual for a imagem que lhe vem à cabeça quando pensa numa solha, é inquestionável que estamos perante um peixe chato. Chato apenas na forma do corpo, atenção, porque a solha é um predador astuto, que usa a camuflagem para caçar, um peixe selvagem que, se ainda não “domou” na sua cozinha, merece mesmo que o faça.

São peixes rápidos, capazes de manobras evasivas que o olho humano não consegue sequer acompanhar. E a maneira como se organizam socialmente também é algo exótica: o macho tem um harém de várias fêmeas, divididas em grupos espalhados por um território vasto.

Mas a vida amorosa das solhas não é propriamente aquilo que as torna interessantes para nós, embora a perspetiva de um peixe capaz de manobras perigosas e affairs apaixonados (e simultâneos) lhes conceda um estatuto digno de um famoso espião britânico.

A solha é um peixe que encontra facilmente nas peixarias das lojas Continente, fresca como se quer e amanhada da forma que mais lhe convier. Versátil como é, a solha é ideal para ir ao forno num daqueles pratos que nos reconfortam ou para ser utilizada numa receita experimental que nos deixa o palato num turbilhão, mas dos bons!

A carne é macia, branca e húmida, e é por isso que a solha é uma excelente candidata para ser consumida em filetes, de preferência num jogo equilibrado de sabores com molhos saudáveis e aromáticos, como aqueles que lhe damos a conhecer no canal Good Food by Continente no site da Notícias Magazine.

Todas as semanas até novembro, apresentamos novos produtos frescos para animar as suas refeições e para ajudar a fazer escolhas mais informadas e saudáveis. No especial de quatro páginas “Good Food by Frescos Continente”, todos os domingos na edição impressa ou no site da Notícias Magazine, não faltam sugestões e dicas para que a única coisa chata que lhe possa passar pelo prato seja uma solha (ou outro membro da família!).