David Marçal David Marçal

Terapia de ondas gravitacionais: a melhor cura para a alergia às redes wi-fi

As ondas gravitacionais são cem por cento naturais e muito antigas. A sua existência foi recentemente confirmada, mas algumas remontam aos primórdios do universo. Atingem-nos constantemente e, por isso, o espaço-tempo dos nossos órgãos internos é comprimido numa direção e esticado na direção perpendicular. Por causa do stress, do glifosato, da radiação dos telemóveis, das redes wi-fi e dos alimentos geneticamente modificados, nem sempre conseguimos recuperar dessas deformações e, ao longo da vida, acumulamos compressões e extensões no nosso espaço-tempo que produzem mal-estar e muitas doenças que a medicina convencional não consegue curar, porque vê o doente como uma entidade material sem levar em conta a sua relação com o cosmos. A obesidade é a manifestação mais visível da deformação no espaço-tempo dos nossos corpos. Muitos bebés nascem já com problemas no espaço-tempo, que também afetam animais domésticos fofinhos.

Tenho o prazer de anunciar que sou o primeiro terapeuta de ondas gravitacionais moderno, recuperando um saber tão antigo quanto o universo. O diagnóstico da deformação do espaço-tempo do paciente (que é visto como um todo, numa abordagem holística, dialética e energética do ser humano) é feito não com um mas com dois interferómetros a laser, que identificam os órgãos e os chakras deformados. Nas sessões seguintes são aplicados campos gravitacionais em 147 pontos específicos do nariz, das orelhas e dos órgãos genitais que, a par de uma dieta personalizada, permitem eliminar as deformações do espaço-tempo com resultados garantidos sem usar químicos nem radiação eletromagnética (exceto o tal laser).

O meu percurso profissional tem-se desenvolvido por outras áreas. Mas no dia 14 de setembro de 2015 encontrava-me a dormir uma sesta encostado à parede do observatório de ondas gravitacionais em Livingston, no Louisiana, quando a instalação foi atingida por uma onda gravitacional resultante da fusão de dois buracos negros. A minha rinite ficou instantaneamente curada e foi nesse momento que eu vi a luz ao fundo do buraco negro. Doravante irei dedicar-me à terapia de ondas gravitacionais, lutando contra os interesses instalados, os governos, os cientistas de mente fechada e a indústria farmacêutica. Estou disponível para esclarecer o público em programas da manhã e da tarde, na televisão. Aguardo convites. Aliás, vou já para os estúdios. Fátima, Júlia, estou a caminho!

 

PERISCÓPIO

DIETA PARA SEDENTÁRIOS

É o título do livro da nutricionista Ana Carvalhas (ed. Gradiva). A autora discute conceitos de nutrição, fundamentando sempre com a literatura científica, por vezes dando exemplos da sua prática clínica. Discute as orientações alimentares que a partir dos anos 1970 recomendavam uma dieta rica em hidratos de carbono, hoje fortemente postas em causa face aos seus efeitos negativos na saúde, nomeadamente como causa da obesidade e diabetes tipo 2. Refere também a ideia, sem sustentação científica, que remonta aos anos 1950, de que as gorduras saturadas são a principal causa de obesidade e doenças cardiovasculares. Propõe uma alimentação com baixo teor de hidratos de carbono, mas sem os eliminar. Ciência e receitas!

[Publicado originalmente na edição de 29 de maio de 2016]