Estes atletas brilharam no Instagram e nem competiram

Fotografia do Instagram oficial de JR

Publicidade

Artista francês JR fez esculturas gigantes de três jovens atletas que treinam para um dia chegar aos Jogos Olímpicos.

O street artist e fotógrafo francês JR tornou-se conhecido em todo o mundo quando, em maio deste ano, fez «desaparecer» a pirâmide de vidro que desde 1989 morava à entrada do Museu do Louvre, em Paris, França. Cobriu o monumento com uma tela e fez as delícias de turistas e parisienses que tiraram milhares de fotografias e publicaram no Instagram. No último mês, durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, voltou a dar que falar. Espalhou pela cidade três esculturas gigantes. Uma representa a triatleta francesa Léonie Periault, a outra o atleta sudanês de salto em altura Ali Mohd Younes Idriss e uma terceira retrata o mergulhador brasileiro Cleuson Lima do Rosário.

Todos eles são jovens atletas que trabalham, todos os dias, para um dia competirem nos Jogos Olímpicos. Ali Mohd Younes Idriss, por exemplo, só não marcou presença no Rio este ano devido a uma lesão.

Além destas esculturas gigantes, JR colou no chão do Rio de Janeiro fotografias de rostos de alguns turistas e brasileiros que foi fotografando.

Em 2008, JR desenvolveu o projeto ‘Women Are Heroes‘ que consistiu em colar fotografias gigantes do rosto e olhos de várias mulheres brasileiras nas paredes das favelas onde viviam. Esta iniciativa valeu-lhe um prémio TEDconferências sem fins lucrativos com o objetivo de disseminar ideias – e contribuiu para divulgar o seu nome, enquanto artista de rua, a nível internacional.

Veja, na galeria de imagens acima, algumas das fotografias das esculturas do artista de rua francês que foram surgindo no Instagram.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.