Os 10 segredos das pessoas que nunca ficam doentes

Numa altura em que a gripe e os vírus atacam em força sem olhar a quem, há pessoas que raramente ficam doentes. O que fazem elas que nós não fazemos? Mais importante ainda: como podemos escapar ilesos a este inverno?

Texto NM | Fotografias da Shutterstock

LAVAM AS MÃOS

Antes de comer, depois de ir à casa de banho, após vir do médico. «As bactérias não se veem e as pessoas não têm noção do perigo. Se tivermos a prática de lavar as mãos ao chegar a casa, a probabilidade de apanhar uma gripe ou outra doença é menor», diz o investigador Luís Lapão, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical. Não é à toa que há o Dia Mundial da Lavagem das Mãos.

COMEM BEM

Em quantidade e qualidade, fazendo refeições moderadas e lanches pouco calóricos ao longo do dia, à base de vegetais, proteína magra, fruta fresca e (poucas) gorduras saudáveis. Saiba ainda que o organismo gasta quase o dobro da energia a digerir hidratos de carbono integrais – sobretudo os ricos em fibra – do que gastaria com alimentos refinados (massa, arroz e farinhas brancas).

HIDRATAM-SE

Pelo menos litro e meio de água por dia, sem esperarem ter sede. Beber água lubrifica os tecidos corporais e ajuda a eliminar toxinas; contribui para a fluidez do sangue, hidratação das fibras alimentares, bom funcionamento do sistema digestivo e dos rins; garante ainda o controlo da fome e uma maior absorção de vitaminas e minerais. Chás também valem, desde que sem açúcar.

GEREM O STRESS

Ao contrário da água, que tem tudo de bom, stress em demasia tem tudo de mau, pelo que há que saber geri-lo. Ao estudar animais selvagens no Quénia, o cientista Robert Sapolski concluiu que as zebras vivem um stress real ao fugirem de predadores, mas desligam-no assim que escapam. Já nós ativamos a mesma resposta ao pensarmos na hipoteca da casa, no trabalho, e fazemo-lo sem parar.

TÊM A SUA TRIBO

Seja no trabalho, no ginásio ou nas aulas de costura criativa, estar com amigos tem um claro poder curativo, ajudando a aliviar todos os males do corpo e da alma. A ciência aplaude estes laços emocionais, confirmando que reduzem a ansiedade, libertam preocupações e contribuem para viver mais e melhor. E então se rirem juntos…

SÃO ATIVAS

Um pouco de exercício é do melhor para a saúde: afina a silhueta, relaxa, elimina toxinas e estimula o sistema imunológico, especialmente se conjugado com a boa dieta de que lhe falávamos há pouco. O ideal é combinar treino aeróbico de alta intensidade com algum trabalho de força, mas também pode pedalar, dançar, brincar com o cão na rua ou escolher outra atividade que lhe dê prazer.

TÊM UM ANIMAL

Quem os tem sabe como é: ajudam na socialização e maturidade, a ultrapassar a solidão, a dar afeto incondicional. Divertem, acalmam, contribuem para melhorar o sono e controlar a pressão sanguínea. Estudos feitos com pessoas que perderam o cônjuge mostram ainda que os donos de animais estão menos propensos a cair em depressão e isolamento.

ABREM-SE AO EXTERIOR

Pode ser para uma caminhada na praia, uma volta ao quarteirão, apanhar um pouco de sol, tomar um copo com amigos – na verdade, pouco importa o motivo. O importante aqui é mesmo a certeza de que apanhar ar fresco ajuda a afastar o stress, a ansiedade, a fortalecer o sistema imunológico e a recuperar a energia.

SÃO POSITIVAS

Facto: as emoções existem e são responsáveis por reações físicas evidentes. Facto: as positivas curam ou, pelo menos, garantem mais e melhores anos de vida. Estudos diversos sugerem que cultivar pensamentos positivos reduz o risco de depressão, doenças cardiovasculares e traduz-se num aumento da longevidade em 20 por cento face aos pessimistas.

DORMEM BEM

Em qualidade e respeitando as horas (variam de pessoa para pessoa) que permitam um repouso efetivo. No sono são repostos os níveis fisiológicos e feitas atualizações orgânicas críticas, processam-se emoções, processos criativos, consolidam-se memórias e aprendizagens. Más noites, pelo contrário, afetam a saúde, vida sexual e profissional, relações sociais e capacidade intelectual.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.