OPINIÃO

Qualidade que vem do sul

Sabemos que o nosso país tem produtos de referência a nível global, mas no que diz respeito a carne bovina, não devemos colocar de parte a América do Sul e as características únicas dos seus rebanhos.

A paisagem da América do Sul, a morfologia do terreno e o clima, são aspetos que influenciam não só a cultura dos povos, mas a própria componente genética dos seres vivos que habitam estes países. E isso é facilmente percetível no sabor de alguns produtos frescos lá produzidos, com especial destaque para a carne bovina.

Os prados verdejantes da América do Sul dão origem a uma carne de bovino única

Vamos olhar para o Uruguai como exemplo. Um país que lida com gado bovino há mais de 400 anos, o Uruguai tem uma espantosa proporção de 4 cabeças de gado por cada habitante, ou seja, a produção de gado bovino é levada muito a sério por aquelas paragens. Para além de ser um país com uma forte política de proteção do meio ambiente, este país tem uma das melhores qualidades de ar de todo o mundo.

Cerca de 90% de todo o gado neste país é criado em pastagem e como o Uruguai tem uns estonteantes 17 milhões de hectares de pastagem, cada animal tem disponível para si o equivalente a dois campos de futebol para se alimentar. Aliadas a estas condições perfeitas para uma carne de qualidade, tenra e cheia de nutrientes, estão também políticas de controlo de qualidade extremamente rigorosas. A saúde dos animais é controlada e registada desde o momento do nascimento, e todas as informações sobre a produção, abate e conservação da carne estão disponíveis para consulta de forma totalmente transparente, dando aos consumidores garantia absoluta da qualidade desta carne de sabor inconfundível.

Especial, mas porquê?
Percorra a galeria de imagens clicando sobre as setas.

Saiba mais sobre as características da carne de bovino da América do sul.

Saiba mais sobre os alimentos que lhe fazem bem em