Dicionário Ilustrado: Parede

[…]

nm1175_gmtavares
dedicado a Jean-Michel Basquiat

O mundo foi riscado por uma criança e ainda não recuperou. Como num acidente.

E a confusão é uma espécie de vingança. Inventadas a ordem e as cidades, rapidamente o homem sentiu necessidade de proteger o conceito de mistura. Toda a mistura inclassificável é uma decla­ração de guerra à cidade.

O mundo antigo não foi feito por mestres e o mundo recente não é suportado fisicamente por equilibristas desastrados. Nem sempre o passado e o futuro foram excelentes. Por vezes, apesar de tudo, o presente é o melhor que existe.

Há uma continuidade entre as velhas coisas e as novidades. Se fizeres um risco excelente num quadro clássico cometerás um atentado ou farás, afinal, ali mesmo, de súbito, uma nova obra. A história classificará o autor desse traço – assassino ou artista – de acordo com uma lei desconhecida mas forte. O progresso na arte é uma invenção dos antigos.

Gonçalo M. Tavares escreve de acordo com a antiga ortografia

[Publicado originalmente a 30 de novembro de 2014]