E se o seu filho estiver a repetir o ano?

A mudança de escola pode não ser fácil de gerir, mas é uma etapa normal, relacionada com a progressão no estudo. Mais difícil pode ser ficar na mesma escola por falta de aproveitamento.

Texto de Sofia Teixeira | Fotografia Shutterstock

Enquanto a maioria dos colegas de turma vão para uma escola nova e para um novo ano, alguns ficam na mesma escola, numa turma com colegas mais novos, a repetir o mesmo ano. E sentem que estão ali porque falharam. Para eles, o início do ano pode ser um pouco mais difícil e com outros desafios. A psicóloga clínica Filipa Jardim da Silva deixa conselhos para lidar com isso.

5. VALORIZAR A AUTOESTIMA

Os pais devem diferenciar o aproveitamento escolar do valor pessoal da criança, salvaguardando uma autoestima positiva apesar do aparente fracasso.

4. ACOMPANHAR A NOVA ETAPA

Deve ser adotada uma postura de apoio e ao mesmo tempo responsabilizante, reforçando o amor e o carinho que sentem e dispondo-se a acompanhá-la, mais do que a criticá-la, nesta nova etapa.

3. APOIAR

Pode apoiar-se a criança salientando de forma positiva a experiência acrescida que terá neste novo ano letivo: pode ser uma aliada da professora ou uma mentora para os colegas novos, que estarão a dar as matérias pela primeira vez.

2. EQUILIBRAR O TEMPO

Para resultados diferentes é necessário um plano distinto do ano anterior. Importa que os pais apoiem os filhos a estruturar os seus ritmos diários, procurando um equilíbrio entre tempos de estudo e tempos de lazer e socialização. É fundamental ensinar a criança a estudar, a gerir as suas tarefas e a potenciar a gestão de tempo.

1. VALORIZAR AS AMIZADES

As relações de amizade feitas anteriormente, na turma à qual já não pertencem, podem ser mantidas em tempos fora da escola.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.