Para pequenos males, grandes remédios caseiros

Afinal, as nossas avós tinham mesmo razão: os remédios caseiros funcionam. A ciência está a validar o potencial da farmácia natural para se viver com saúde por muitos e bons anos e reconhece que sim: é sempre melhor prevenir antes para não ter de remediar depois.

Texto de Ana Pago | Fotografias da Shutterstock

Quem não tem uma avó especialista em curar doenças com aquilo que a natureza nos dá, terá pelo menos uma amiga, ou um amigo dessa amiga, que aprendeu com a sua própria avó uma série de truques caseiros para afastar gripes, diarreias, insónias, crises de ansiedade, cólicas abdominais, dores de garganta, tosse, problemas digestivos e tudo o mais que nos mói o corpo e nos atormenta a alma.

É a ciência que o diz: temos muito a ganhar com o saber popular antigo. Pode melhorar a qualidade de vida e ajudar a prevenir doenças.

É a ciência que o diz: temos muito a ganhar com este saber popular antigo, a conquistar terreno aos fármacos por melhorar a qualidade de vida das pessoas e ajudar a prevenir maleitas antes que seja necessário recorrer a tratamentos mais agressivos. Para quê comprimidos para dormir se um copo de leite morno com noz-moscada faz o mesmo efeito? Há alimentos e plantas com verdadeiros superpoderes, confira em baixo.

CEBOLA

São o pão nosso de cada dia todos os invernos, mas para isso existe o xarope de cebola: o bolbo é rico em vitaminas, alina, alicina, flavonoides e polissulfetos, pelo que atua como anti-inflamatório, estimulante da secreção e diurético. Em caso de constipação, pique cinco cebolas, misture 150 gramas de açúcar mascavado, duas colheres de água e deixe ferver em lume médio até formar um xarope. Coe, deite numa garrafa e tome uma colher de chá de duas em duas horas.

CALÊNDULA

Ninguém está livre delas, embora chá de calêndula costume bastar para resolver o problema: coe uma colher de chá de pétalas de calêndula, deite numa chávena de água a ferver e deixe a macerar por dez minutos. Depois é só ensopar uma compressa neste chá, deixar arrefecer e aplicar na ferida várias vezes ao dia. Já na Idade Média se usava para aliviar dores menstruais, de dentes e em doenças de estômago, fígado e vesícula.

HORTELÃ

Se é pessoa para ter azia e outros ardores do género no estômago, não há como um bom chá de hortelã para acalmar: coloque uma colher pequena de folhas numa caneca de água a ferver, abafe dez minutos e beba ainda morno. A hortelã relaxa os músculos intestinais, facilita a digestão e interrompe crises de vómito, além de reconfortar a alma.

MELILOTO

É uma planta com nome estranho mas convém fixá-lo, porque só os benefícios davam para encher uma sebenta. Se quer estimular a linfa e fortalecer as veias, duas a três chávenas desta infusão por dia são essenciais: deite uma colher de chá de meliloto seco numa chávena de água a ferver, mantenha por dez minutos e coe. A planta traz ainda alívio a luxações, contusões, problemas de sono, agitação nervosa, inflamação das veias, hemorragias, câimbras nas pernas e outros tormentos.

VÁRIOS

E muito fica por dizer: fitoquímicos dos frutos vermelhos impedem o aparecimento de células cancerígenas. O licopeno do tomate diminui o risco de cancros da mama e próstata. Chá verde tem capacidade anticancro e antioxidante. O alho atua contra o reumatismo. Crucíferas (brócolos, couves, repolho, nabo, agrião, rabanete) previnem cancros de pulmão e estômago. A estrela-de-anis tem propriedades antisséticas, anti-inflamatórias, digestivas e diuréticas. Os betaglucanos dos cogumelos (sobretudo os shitake, maitake e portobello) retardam o envelhecimento, estimulam as defesas e atuam no combate e prevenção do cancro.

CUIDADOS

O primeiro será conhecer bem o produto que pretende usar para não correr riscos de confundi-lo com outro parecido e letal (também existem venenos na natureza). Na dúvida, pergunte a um especialista. Informe-se ainda sobre que partes das plantas pode utilizar ao certo na medicina natural e tire só o necessário, sem desenraizá-las nem colher espécies raras. Em último caso, qualquer ervanária terá aquilo de que precisa.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.