OPINIÃO

Uma viagem no tempo

O fim de semana de 3 e 4 de maio pode ser passado a bordo de um antigo navio bacalhoeiro ao largo de Lisboa e Sesimbra.

A organização é da escola de navegação Treino de Mar (www.treinodemar.com), em parceria com o Santa Maria Manuela, um veleiro de outros tempos mas com todas as comodidades da vida moderna. O Santa Maria Manuela parte do Parque das Nações no dia 3 e velejará até Sesimbra, onde irá fundear ao fim da tarde para que possa aproveitar e tomar um banho na baía. A bordo estará o comandante Marques da Silva (autor do livro Memória dos Bacalhoeiros, Uma Contribuição Para a Sua História), um dos últimos a comandar o Santa Maria Manuela enquanto navio da frota do bacalhau. E não faltarão histórias das aventuras que viveu na pesca nos mares da Gronelândia. No domingo é tempo de lançar anzóis, antes de regressar a Lisboa.

O Santa Maria Manuela foi lançado ao Tejo em 1937 e participou nas campanhas de pesca do bacalhau à linha até ao início dos anos 1990. A frota bacalhoeira portuguesa foi a última grande frota a utilizar veleiros para a exploração comercial, mesmo quando já se praticava a pesca por arrasto nos mares da Terra Nova. Era designada como «Frota Branca» devido ao facto de, durante a Segunda Guerra Mundial, os cascos dos navios serem pintados de branco para serem reconhecidos pelos submarinos, que assim respeitavam o estatuto de neutralidade de Portugal. O veleiro foi recuperado pela empresa Pascoal & Filhos, que o tornou apto a navegar, agora como navio de treino de mar.

DATAS: 3 e 4 de maio.
PREÇO: 220 euros por pessoa (dormida a bordo, três refeições, pequeno-almoço e um snack na tarde de domingo).
INSCRIÇÕES: treinodemar@gmail.com (até 24 de abril).
TREINO DE MAR: içar de velas, governo da embarcação, integração nos quartos de navegação, subida ao mastro, etc.