OPINIÃO

Rueff imparável

No liceu usava boina à Guevara, no primeiro dia de Conservatório levou saia plissada e pullover. Entrou sem convicção, mas percebeu que ser atriz lhe permitiria ser as tantas coisas que sempre quis ser. Aos 41 anos, Maria Rueff continua a não caber em molduras e tem as pazes feitas com Deus.
Fotografia: Gerardo Santos/globa Imagens