OPINIÃO

Férias: os recados da mãe, a resposta da avó e as mensagens dos netos

[…]

Recados para uma avó que vai ficar com os netos alguns dias em agosto

• Não lhes dê bolos de pastelaria. Nem sumos de pacote. Nem leite de vaca. Nem chocolates. Nem leite com chocolate.
• Eles não comem nada que tenha açúcar refinado. Eu sei que a mãe faz um bolo de cenoura ótimo, mas se fizer use apenas açúcar amarelo. Mas só metade da dose. E cenoura biológica.
• Mandei um saco com sabonete natural e champô à base de plantas medicinais sem aditivos químicos. Cheira um pouco mal, mas é ótimo para o cabelo.

Leia a crónica completa AQUI.

 

Resposta da avó que ficou com os netos alguns dias nas férias

• Não lhes dei bolos, como pediste. Mas o teu pai não leu os recados. E ele deu.
• Comeram iogurtes e tivemos de comprar mais queijo porque acabaram num instante o que tínhamos cá em casa. Já não me lembro se podiam comer queijo ou não ou se era o leite de vaca que não podiam beber. Mas como é difícil arranjar leite de cabra, comprámos do outro na mercearia e não nos chateámos com isso. Não te chateies tu também.
• O champô que mandaste para eles, o das plantas medicinais, cheirava mesmo mal. Tem paciência, mas lavei a cabeça dos teus filhos com o meu champô. É bem mais barato do que o teu. Andas a gastar uma fortuna numa coisa malcheirosa, filha.

Leia a crónica completa AQUI.

O que dizem os netos que ficaram com a avó alguns dias nas férias

• A avó também não disse à mãe que comemos um bitoque.
• Eu comi um bitoque. Tu comeste uns três ou quatro. És uma besta a comer.
• O bitoque tem glúteos?
• Glúten. Não são glúteos. É glúten. Não, não há glúten no bitoque. Só se o arroz for contaminado. Gostaste dos bitoques, não gostaste? Então fica calado e não digas nada. Se a avó não disse, não digas tu. E dos bolos? A avó falou dos bolos?
• Falou. Mas não disse que comemos um bolo de arroz. E que a avó ficou cheia de medo por causa dos glúteos.
• Glúten!!
• Nunca tinha comido um bolo de arroz. É tão bom. Podíamos comer outra vez e não dizemos à mãe.
• Não. Se a mãe não quer, não vamos comer. Isso está cheio de porcarias. Come antes um biscoito.
• De aveia e quinoa dos Andes? Come tu. Detesto aquilo.
• Eu também. Não sabe a nada.
• Achas que conseguimos convencer a mãe a parar de comprar?

Leia a crónica completa AQUI.