Dicas para ter maior controlo das finanças pessoais

O "Consultório de Finanças Pessoais" desta semana, por Carina Meireles.

Quais as principais razões que nos podem estar a fazer gastar mais dinheiro?
Pedro Rebelo, pergunta recebida por e-mail

Existem algumas razões pelas quais podemos estar a gastar mais do que o pretendido e é necessário definirmos estratégias de melhoria. É fundamental estarmos atentos à nossa vida financeira e a todos os gastos que podem estar a criar um impacto mais direto e significativo nas nossas finanças pessoais, mais ainda com os constantes aumentos de preços.

1) Despesas que fazemos sem pensar

As compras por impulso podem e devem ser evitadas, desde que exista um controlo rigoroso do nosso orçamento. Faça um acompanhamento dos gastos de forma regular e, por exemplo, comece a ir às compras com uma lista porque faz a diferença no controlo das despesas. Mas não se esqueça que a deve seguir à risca.

2) Não negociarmos as despesas regularmente

É cada vez mais importante negociar o máximo possível as despesas que temos ao final do mês e que implicam um custo na carteira, muitas das vezes bastante significativo, como é o caso dos bancos (créditos, seguros, etc.). Despesas com os bancos, podem e devem ser negociadas, como as despesas de manutenção de conta ou seguros.

3) Não acompanharmos os custos da luz, gás e água

Estas são despesas obrigatórias mensalmente e às quais não podemos fugir. Mas podemos reduzi-las de forma a criar impacto nos nossos custos mensais, com a adoção de determinados hábitos de consumo mais adequados às necessidades do nosso dia a dia, que também permitem alguma poupança, como o simples gesto de lavar as mãos e fechar a torneira. São pequenas coisas, mas tudo junto faz a diferença.

Outra dica importante é dar sempre a contagem mensal das leituras para evitar as “atualizações”. Assim passará a pagar exatamente o que gasta e não terá surpresas.

Portanto, na hora de despender dinheiro, analise todas as vantagens e desvantagens. A ideia é pensar bem antes de gastar e dessa forma tomar consciência dos gastos mensais, tendo maior controlo das suas finanças pessoais.

Carina Meireles, especialista em finanças pessoais e empresariais

*A NM tem um espaço para questões dos leitores nas áreas de Direito, Jardinagem, Saúde e Finanças pessoais. As perguntas para o Consultório devem ser enviadas para o email [email protected]