Sexo: mulheres revelam o maior erro que eles cometem

Não, não é dizerem coisas fofinhas no momento mais intenso. Nem passarem ao lado do ponto-chave delas e acharem, ainda assim, que estão a arrasar na performance. Homens: se falharem isto no sexo logo para começar, está tudo estragado.

Texto NM | Fotografias Shutterstock

Quem acha que o maior erro deles na hora do sexo só pode ter a ver com a pressa, as posições de que mais gostam ou o clássico de tirarem tudo exceto as meias, está redondamente enganado (embora a parte das peúgas não ajude, de facto).

Aquilo de que as mulheres mais se queixam é mesmo de eles não as beijarem na hora H. E não é que muitos concordam?

Segundo o portal britânico Daily Star, a partir de um inquérito às utilizadoras do site de media social Reddit, chegou-se à conclusão de que elas desejam ser beijadas nos momentos de maior prazer. E não pode ser um beijinho frouxo: quanto mais ardente, dizem, tanto melhor.

O beijo é capaz de ser dos gatilhos mais intensos na hora do sexo.

«Sexo sem beijos é o pior possível», comenta uma internauta. «Faz-me sentir uma prostituta barata, como se não fosse desejável para o meu companheiro», afirma outra. Ao que uma terceira acrescenta, reconhecida pelo sentimento generalizado: «É ótimo saber que não sou a única a pensar assim.»

Uma investigação da Universidade de Oxford atesta que o beijo é capaz de ser dos gatilhos mais intensos na hora do sexo: começa nos lábios, cheios de terminações nervosas que comunicam diretamente com o cérebro; permite medir a temperatura corporal do outro, o seu tónus muscular, o estado do sistema imunológico; a troca de saliva faz com que o homem passe testosterona à mulher, ativando-lhe a recetividade sexual como o melhor dos afrodisíacos.

O mais curioso é que os próprios homens confirmam a importância de um beijo fogoso durante o ato.

O mais curioso é que eles próprios confirmam a importância de um beijo fogoso durante o ato (embora alguns admitam que uma relação selvagem possa dispensá-lo). «Perde-se definitivamente uma sensação de ligação e intimidade quando o beijo é tirado da equação», diz um internauta. «Se uma mulher me dissesse que podia ir para a cama com ela, mas não beijá-la, ia-me logo embora», garante outro.

Um terceiro sublinha ainda: «Adoro beijar profunda e apaixonadamente. Sem isso o sexo nunca poderia ser perfeito.» Valha-nos então o beijo – a par de mais umas quantas dicas simples de que lhe damos conta na fotogaleria, validadas pela ciência –, para não corrermos o risco de errar a dose.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.