Com Beyoncé a carne é forte

“Renaissance” é uma aragem fresca no percurso de Beyoncé, interrompendo seis anos de ausência de álbuns em nome próprio. Tanto “Beyoncé”, de 2013, como “Lemonade”, de 2016, tinham o olhar mais fixado em questões sociais e políticas. “Renaissance” aponta para uma maior intimidade do olhar, em 16 canções que se deixam levar pelo desejo, pela […]

Palolo e a inteligência do coração

O documentário “A. Palolo – Ver o pensamento a correr”, realização de 1995 de Jorge Silva Melo e agora lançado em DVD pela Midas Filmes, serve-se da montagem de uma exposição no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, para mostrar o percurso de um artista “irreverente e heterodoxo”, nas palavras da […]

Dançando com os fantasmas do jazz

Camae Ayewa, aliás Moor Mother, é uma poeta, compositora, vocalista, artista visual, ativista e docente americana que, em meados da década passada, entrou de rompante na cena alternativa global com vários projetos em que as fronteiras entre palavra dita, jazz, música experimental sem lei e projetos multimédia foram eliminadas. A sua produção em disco e […]

Ele só quer viver com os mortos

“A ilha dos amores” foi revelado em 1982 em Cannes, chegando ao circuito comercial português nove anos depois. Entrar neste filme de Paulo Rocha, agora lançado em DVD pela Midas e pela Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema numa imaculada versão digitalizada, deverá exigir adaptação do espectador a um outro idioma cinematográfico, com olhar e […]

Prince e a urgência do dia seguinte

A 30 de março de 1985, Prince estava a três semanas de lançar o álbum “Around the world in a day”, terminado enquanto corria palcos na triunfal e intensiva Purple Rain Tour, uma digressão pelos Estados Unidos e Canadá iniciada em novembro de 84 para mostrar o álbum (e o filme) homónimo que marcou o […]

Astor Piazzolla. O tango, recomeçado, até ao fim

Os últimos anos da vida vivida de Astor Piazzolla, a segunda metade dos anos 1980, foram intensos e triunfais. Foi o tempo em que o compositor e bandoneonista argentino, nascido em 1921 em Mar del Plata, viu a aclamação chegar do norte da América. E foi em Nova Iorque, com chancela da editora American Clavé, […]

Norah Jones. Um best-seller para todas as estações

Anos de familiaridade podem toldar os feitos de uma obra musical e suas circunstâncias. Assim será com “Come away with me” (Blue Note/Universal), o álbum que, em fevereiro de 2002, deu a conhecer a cantora, compositora e pianista Norah Jones. Uma estreia de uma quase total desconhecida, de 22 anos, filha da produtora de concertos […]

Um século de Charles Mingus celebrado em trio

Assinalam-se por estes dias os cem anos do nascimento do multi-instrumentista e compositor americano Charles Mingus. Chegado a 22 de abril de 1922, Mingus desdobrou-se por copiosos dialetos do jazz, do mais terno ao revolto; do mais familiar a incursões surpreendentes, arrojadas, desmedidas; em pequenas e, sobretudo, vastas formações. Deixou um corpo de gravações que […]

Exercícios de mecânica aplicada

Não há paralelo para a trajetória definida pelos Kraftwerk a partir de 1990. Depois de conceberem seis álbuns, entre 1974 e 86, que inventaram um compartimento na música popular (e, no caminho, rasgaram autoestradas para o nascimento do tecno e da synthpop), o grupo liderado por Ralf Hütter e Florian Schneider passou os últimos 32 […]

Um filme para Jorge Silva Melo

A aventura de Jorge Silva Melo no cinema entrelaçou-se no tempo e no espaço com a atividade teatral, aquela pela qual ficou mais conhecido. Estava a década de 1970 a nascer e já Silva Melo figurava na curta-metragem “Quem espera por sapatos de defunto morre descalço”, de João César Monteiro. Uma entre incontáveis obras, no […]