Regressar à moda dos anos 1990 com elegância

(Foto: Freepik)

Foi sem dúvida uma década disruptiva no mundo da moda. E sendo esta cíclica, não é de espantar que esteja novamente em destaque.

Recuemos aos anos 1990, a Kurt Cobain e ao estilo grunge, do qual o vocalista dos Nirvana foi precursor, e que foi muito além da música. T-shirts gráficas oversize, camisas de flanela e ao xadrez, peças em cabedal e botas tipo militar (Dr. Martens, por exemplo) são alguns dos exemplos de tendências marcantes dentro da corrente. Falar da moda da década de 90 é falar também de Kate Moss, dos blazers oversize, de coletes, blusas de decote quadrado e slip dresses. A consultora de imagem Adriana Matos destaca ainda a forte ligação da moda dos anos 90 às Spice Girls e a Jennifer Aniston.

Naquela altura, estar na moda significava estar confortável, ser estiloso e usar roupa colorida e maioritariamente oversize, que deriva do conforto”, reconhece Adriana Matos. Quais são então as tendências que se vão voltar a usar? A consultora de moda realça os “cat eyes” ou seja, os óculos em forma de olho de gato, as transparências, as molas no cabelo, as plataformas, e “peças não estruturadas, que por não serem tão marcadas se tornam peças mais confortáveis”, nomeadamente blusas cropped oversize, calças estilo regular e de cintura descida, as mom jeans, e os slip dresses, “fluidos, confortáveis e elegantes ao mesmo tempo”.

A consultora de moda assegura que a conjugação de peças nos dias de hoje é feita de forma mais clássica e elegante, e dá um exemplo: “As calças desportivas são uma das tendências, principalmente as com as riscas laterais (como as “tracksuit bottoms” da Adidas), mas conjugadas com um blazer, para uma mistura de estilos”.

Melissa | Sandálias | 55 euros
Converse | Sapatilhas | 95 euros
Chloé | Sandálias | 670 euros
Nike | Pack de seis pares de meias | 30 euros
New Era| Boné | 27 euros
The North Face | Bolsa tiracolo | 40 euros
New Balance | Camisola com capuz | 75 euros
Vans | T-shirt | 38 euros
Adidas | Calças | 55 euros