Técnicas para afastar os gatos dos nossos vasos

(Foto: Pexels)

O "Consultório de jardinagem" desta semana, por Sofia Manuel.

Os meus gatos estão sempre a mordiscar as minhas plantas, há alguma coisa que possa fazer para as proteger?
Rafael Lopes, pergunta recebida por email

Como “mãe” de dois pequenos diabretes de quatro patas há muito que procuro técnicas que os afastem de vez das nossas plantas. Felizmente, cá por casa, os ataques cingem-se a vasos que voam de prateleiras ou a escavação intensiva. Dramático! No entanto não tão dramático como o caso da nossa leitora. Vamos então a algumas técnicas que podemos aplicar para finalmente termos um pouco de paz e diminuir os instintos assassinos dos nossos debulhadores de flora.

Evitar escavações nos vasos:

Pedras – colocando alguns seixos decorativos por cima do vaso vai conseguir que os seus gatinhos não consigam chegar à terra. Mas atenção, se optar por esta solução, coloque as pedras de maneira a que o substrato consiga respirar. Se a camada for demasiado densa podemos impedir que a oxigenação seja feita de forma eficaz, o que pode levar ao apodrecimento das raízes;

Fita-cola dupla – fazer uma cruz por cima do substrato criando uma espécie de rede de proteção. Os gatos odeiam o toque de cola nas suas patinhas, vão desistir na hora do ataque.

Salvar a folhagem:

Pimenta – os nossos gatinhos detestam o cheiro de pimenta, espalhar um pouquinho nas folhas vai mantê-los afastados. Mas cuidado, se continuarem a investir mais vale apostar noutra solução;

Citrinos – ferva a casca de uma laranja, depois de arrefecer é só borrifar nas suas plantas. O cheiro cítrico não é nada agradável para eles;

Erva gateira – podemos criar uma distração redirecionando os seus pequenos para este tipo de erva. Pode encontrá-la à venda em qualquer horto.

Agora é hora de partilhar as más notícias. Há gatos que são uns autênticos tratores vegetarianos e que, apesar de todas as técnicas superavançadas que possamos aplicar, vão continuar a tratar as plantas aí de casa como salada.

Há muito que sou a favor de uma polícia de intervenção felina para estes casos mais dramáticos, mas ainda sem sucesso.

Até ao próximo consultório!

Sofia Manuel, designer de jardins e autora de “A Tripeirinha”

*A NM tem um espaço para questões dos leitores nas áreas de Direito, Jardinagem, Saúde e Finanças pessoais. As perguntas para o Consultório devem ser enviadas para o email [email protected]