Quais os riscos de ter o colesterol alto

O "Consultório médico" desta semana, por Nuno Jacinto.

Tenho 40 anos, sou globalmente saudável e medi o colesterol na farmácia e está a 300. O que devo fazer?
Francisco Pinto, Famalicão

Perante um resultado claramente anormal, o primeiro passo será consultar o seu médico, de modo a que situação possa ser devidamente avaliada e orientada.

Importa salientar que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em Portugal e no Mundo. Contudo, um valor isolado de colesterol elevado, apesar de não poder ser desvalorizado, tem uma importância limitada. Terá de ser confirmado e englobado no perfil lipídico – é necessário dosear também os triglicéridos e o colesterol HDL, sendo que com estes dados poderemos calcular o valor do colesterol LDL, conhecido popularmente como “o mau colesterol”.

Estas análises servirão também para, em conjunto com outros parâmetros (sexo, idade, tensão arterial, tabagismo) calcular o nível de risco cardiovascular de cada utente – mais importante do que valores num papel, o que queremos é prevenir a ocorrência de eventos cardiovasculares, como enfartes ou acidentes vasculares cerebrais (AVC). Este risco cardiovascular permite definir quais os alvos a atingir e que medidas implementar. O pilar fundamental e transversal a todos os doentes é a adoção de hábitos de saudáveis e modificação de estilos de vida: exercício físico regular, alimentação diversificada e equilibrada, não fumar. Para os níveis de risco mais elevados, poderá ser necessário iniciar medicação específica.

Em todo este processo, o médico terá um papel preponderante e insubstituível no empoderamento do doente, informando-o e possibilitando que, de forma partilhada, sejam feitas as melhoras escolhas para preservar a qualidade de vida e prevenir a ocorrência dos referidos eventos cardiovasculares.

Nuno Jacinto, médico de família, na USF Salus – Évora, e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar

*A NM passa a ter um espaço para questões dos leitores nas áreas de Direito, Jardinagem, Saúde e Finanças pessoais. As perguntas para o Consultório devem ser enviadas para o email [email protected]