Hubble deteta estrela a 28 mil milhões de anos-luz de distância

A luz da estrela agora visionada foi emitida quando o Universo tinha apenas um bilião de anos

Novo recorde de distância para uma estrela encontrada é marcado pelo telescópio Hubble.

O Hubble avistou a estrela mais longínqua até agora detetada. O astro encontra-se a 28 mil milhões de anos-luz de distância da Terra e foi apelidado de Earendel, nome derivado de uma antiga palavra inglesa que significa “luz nascente”. A nova descoberta ultrapassa o recorde anteriormente detido pelo mesmo telescópio espacial, que em 2018 tinha detetado uma estrela que existiu quando o Universo tinha cerca de quatro mil milhões de anos. Earendel é ainda mais antiga. Segundo os especialistas, a luz da estrela agora visionada foi emitida quando o Universo tinha apenas um bilião de anos.

Os investigadores vão utilizar o telescópio James Webb, lançado recentemente para o espaço, para prosseguir com a investigação e descobrir novos dados, como a temperatura ou a composição da estrela.