Diamantes, o brilho das estrelas

Catarina Furtado usa regularmente peças do joalheiro nacional David Rosas

Desde futebolistas a celebridades do cinema e televisão, não há quem resista ao luxo dos diamantes. Investem em criações exclusivas, mas as marcas também apostam no mediatismo para promover estatuto e novidades.

Joias e diamantes não só são os melhores amigos da mulher como também dos jogadores de futebol, que gostam deles bem vistosos. Neste campo, o português Cristiano Ronaldo chama a atenção pelo brilho das peças que usa e não só nas orelhas, com brincos que luzem ao longe, mas também pelos relógios que vai ostentando. O mais recente marca mais uma colaboração com a marca suíça Jacob & Co e é inspirado no Bugatti Chiron que o craque tem na garagem.

Cristiano Ronaldo com um relógio Jacob & Co inspirado no seu Bugatti Chiron

O exemplar tem 232 diamantes, 109 safiras e é exclusivo. Custa à volta de um milhão de euros, somando-se à vasta coleção de CR7, que inclui ainda braceletes em diamantes, anéis e brincos que costuma usar fora dos relvados. A namorada, Georgina Rodríguez, costuma destacar grandes anéis e, segundo a imprensa britânica, a partir do reality show que protagoniza na Netflix, o espólio do casal foi avaliado em mais de 6,5 milhões de euros.

Neymar é outra das estrelas do desporto-rei que ostenta luxo fora das quatro linhas. Ainda no início de março, o futebolista do Paris Saint-Germain chamou a atenção no desfile da Balmain exatamente pelas joias com que completou o visual: uma corrente com diamantes ao pescoço, outra no pulso, e brincos nas orelhas, um deles em formato de coração.

Neymar exibe colar e brincos com diamantes

Embora mais discreto, o treinador José Mourinho também exibe joias da marca criada pela filha Matilde. O técnico do Roma tem um fio como amuleto, a par de um anel e pulseiras que promoveu no Instagram. Em comum, todas as criações têm singelos diamantes.

José Mourinho com peças Matilde Jewellery, a marca da filha

Outra referência do mundo futebolístico, David Beckham coleciona relógios e joias e não é por acaso que, ao longo da vida em comum, presenteou a mulher, Victoria, com 14 anéis de noivado avaliados em milhões de euros.

Na passadeira vermelha

As celebridades estão entre os grandes compradores das marcas que, conscientes do impacto mediático, também cedem joias que as figuras públicas desfilam nas mais diversas passadeiras vermelhas, como aconteceu na última cerimónia dos Oscars, em Los Angeles, EUA. Vencedora da estatueta dourada em 2019 e nomeada novamente na categoria de melhor atriz, Olivia Colman brilhou com diamantes da Chopard. Já a galardoada deste ano, a atriz Jessica Chastain, apostou em joias da maison Gucci, que assinou também o seu vestido de conto de fadas.

Jessica Chastain apostou em joias da maison Gucci na cerimónia dos Oscars

Muitas joias destacam-se pelo significado e pela história que celebram, como é o caso do anel de noivado de Meghan Markle, que foi desenhado pelo príncipe Harry e tem dois diamantes que pertenciam a Lady Di, além de uma pedra oriunda do Botswana, país africano com grande significado para o casal.

Olivia Colman usou diamantes da Chopard na noite dos Oscars

Por cá, Catarina Furtado tem nos brincos a grande predileção. A apresentadora é há muitos anos uma espécie de embaixadora da joalharia David Rosas, que lhe põe sempre à disposição as mais ecléticas propostas e à medida de cada ocasião.