A “Notícias Magazine” vai ser uma joia

Neste domingo, a edição especial moda é um justíssimo tributo ao setor da joalharia. A tradição e a modernidade irão brilhar nas nossas páginas.

No próximo domingo, a “Notícias Magazine” vai ser ainda mais especial. A tradicional edição de moda primavera-verão apresentar-se-á como uma autêntica joia, ou não fosse a próxima revista uma justíssima homenagem à joalharia portuguesa, setor em franco crescimento e que, ano após ano, tem conquistado os principais palcos do mercado internacional.

Num número recheado de sugestões para todas as carteiras – da roupa e calçado com aplicação de joias a maquilhagem com metais preciosos e pedras como decoração de corpo, passando por materiais reciclados, uso de desperdícios, fusão de matérias-primas, sem esquecer os truques e as apostas para a sustentabilidade –, vamos, por exemplo, dar a conhecer aquela que é considerada a joia portuguesa mais valiosa e ficar a saber que a filigrana está prestes a ser utilizada para correção de fraturas ósseas.

Mas há mais. Vamos explicar como o setor tem conseguido casar na perfeição tradição e modernidade. E como esse processo tem sido reconhecido pelos quatro cantos do Mundo. Aliás, ainda recentemente isso mesmo se verificou na ExpoDubai, onde esteve em exposição um vestido, assinado por Micaela Oliveira e Arlindo Moura, que uniu a filigrana ao têxtil, um deslumbrante modelo que conquistou a crítica e somou milhões de fãs.

Os conceitos inovadores de jovens criadores de joias também terão presença na próxima edição da nossa revista, assim como a origem e a ciência por trás das pedras preciosas, algumas das quais já usadas como base de surpreendentes acessórios para cães e gatos.

Se ainda tem dúvidas sobre a importância da joalharia entre os humanos, os especialistas ouvidos pela NM vão esclarecê-lo – usar peças de luxo aumenta de forma significativa a autoconfiança e o bem-estar.

Neste domingo, tem ainda mais um motivo para comprar o “Jornal de Notícias” ou o “Diário de Notícias”. A “Notícias Magazine” virá em formato de joia. Mas não será para guardar no cofre. Será para desfrutar da primeira à última página.