Como vestir a casa para o outono

Sugestões para casa de banho, quarto, sala e escritório de Angelourenzzo Interior Design

Sala, quarto, casa de banho, escritório. São as divisões que mais ordenam no quotidiano vivido numa habitação. Num período do ano virado para a renovação e em que o foco se recentra naquilo que se tem (ou não tem…) da porta para dentro, dois especialistas em design de interiores oferecem pequenas dicas para a casa voltar a saber a novo.
Conforto e aconchego na sala.

Sugestões para casa de banho, quarto, sala e escritório de Angelourenzzo Interior Design

É a divisão que junta a família toda. Seja à mesa para jantar, no sofá para ver televisão, ou em celebrações. Por isso, as sensações de conforto e aconchego devem pairar.
“Cores básicas e neutras nos elementos principais da sala, como o sofá, a estante, a mesa de jantar e o aparador, são o ponto de partida. O segredo está em criar movimento e cor nos elementos mais decorativos”, diz Maria Lourenço, responsável pelo design final na Angelourenzzo Interior Design, de Frazão, Paços de Ferreira.

Sugestões para casa de banho, quarto, sala e escritório de Angelourenzzo Interior Design

Para inovar o espaço, um papel de parede faz toda a diferença. Os tons neutros transmitem leveza e energias positivas. Uma parede com quadros não só confere um lado mais sofisticado como permite ativar boas memórias. Enquanto elementos decorativos, a aposta em almofadas, candeeiros e centros de flores com cores garridas proporcionará dinâmica.
Bege e tapetes no quarto

Costuma-se dizer que o quarto reflete a identidade de quem o possui. E além de zona de descanso, é muitas vezes um refúgio. Desde as cores das paredes às do edredão, a escolha deve ser pensada pela pessoa que o irá habitar. O rosa é uma cor mais feminina que pode funcionar na infância e juventude, à semelhança do azul no caso do sexo masculino. A partir daí, os tons cinza, bege e branco são os mais indicados.

Sugestões para casa de banho, quarto, sala e escritório de Angelourenzzo Interior Design

Vestir o chão com um tapete que cubra a saída da cama é uma opção que proporciona conforto, como também dá a oportunidade de optar por um tom vivo de forma a destacar-se. A iluminação também é um ponto importante. Confere vida, confere elegância. “Aconselhamos candeeiros suspensos na mesa de cabeceira, de forma a não ocupar em demasia um espaço já de si limitado”, exemplifica Maria Lourenço.

Um quarto sem vida é também, muitas vezes, um quarto sem história e, segundo a responsável pela Angelourenzzo Interior Design, uma tela com apontamentos de cor idênticos aos do tapete e das almofadas não só acrescentará vida como um toque artístico.

Madeira e mesas de apoio no WC

A casa de banho é o local onde se procura recarregar energias antes e no final do trabalho.
Sendo este um espaço que acumula muitos objetos, essencialmente de higiene pessoal, e que está em contacto com a humidade, está sujeito a um grande desgaste. Por esse motivo, a qualidade do mobiliário é o primeiro aspeto a ter em conta. Marcas como Love Tiles, Margres, Smile Bath e Bruma são algumas das recomendações de Ana Rita – Soares Designer de Interiores, com ateliê em Lisboa.

Propostas de Ana Rita Soares – Design de Interiores para casa de banho

De modo a alcançar a harmonia, a naturalidade e o requinte que o espaço exige, um espelho redondo, uma bancada em madeira e azulejos em tons quentes são a combinação perfeita para atingir o objetivo.

Além disso, “tamboretes ou pequenas mesas de apoio em pontos estratégicos, como ao lado da banheira ou do lavatório, concedem apoio e simultaneamente decoram o espaço”, assinala Ana Rita Soares.

Natureza e pureza no escritório

Num escritório não pode haver espaço para energias negativas. Sobretudo numa fase em que a pandemia obriga muitas vezes ao trabalho ou às aulas a partir de casa. Exige-se, portanto, um ambiente de concentração e inspiração para que os objetivos sejam atingidos. Contudo, “este espaço não tem necessariamente de ser uma área isolada. Pode ser um cantinho na sala ou no quarto”, aponta Ana Rita Soares.

Propostas de Ana Rita Soares – Design de Interiores para sala com escritório

A mais recente macrotendência é o design biofílico, que consiste na incorporação da natureza em diferentes pontos de uma habituação. Posto isto, as plantas, naturais ou artificiais, bem como os tons azuis e verdes, ajustam-se às cores neutras e, além de elegância, transmitem a pureza e tranquilidade do meio ambiente.