O vídeo que deixou o Spotify a “tremer”

Texto de Ana Sofia Reis

O órgão que regula as campanhas publicitárias no Reino Unido excluiu um anúncio do Spotify preparado para o Halloween por ser demasiado perturbador. A publicidade faz lembrar um filme de terror em que as personagens são ameaçadas sempre que ouvem “Havana”, o hit de Camila Cabello. O vídeo termina com a frase: “Músicas arrepiantes a que não consegues resistir”, lembrando a obsessão que determinadas canções causam nos ouvintes.

Apesar do tom irónico da mensagem veiculada, o anúncio desagradou a entidade britânica. O regulador garante que o cenário poderia assustar as crianças.

O Spotify, em resposta à exclusão do vídeo, acata a decisão e lamenta “qualquer problema que o anúncio possa ter causado”. A empresa referiu que não tinha a intenção de fazer algo assustador, embora a publicidade tivesse cenas alusivas a filmes de terror, “uma vez que não havia sangue nem violência”.