Uma amizade improvável

DR

Texto de Ana Sofia Reis

Daniel tem quatro anos, Stuart Gulliver 91. Com 87 anos de diferença, formam aquilo a que se chama de uma inesperada amizade. De acordo com informações da BBC, o pequeno Daniel visita todas as semanas o nonagenário. Passeiam, brincam, crescem.

A mãe, Natalie Holmes, queria que o filho aprendesse a conviver e a relacionar-se com pessoas de idade avançada. Para isso, a progenitora abordou uma casa de repouso, em Nottingham, Inglaterra, onde Daniel conheceu o novo amigo.

Stuart tem demência em estágio inicial. Conheceram-se quando o menino tinha apenas 18 meses. “Tenho notado uma diferença no relacionamento com o Stuart. E isso faz com que passe um tempo bem mais enriquecedor”, refere Natalie Holmes.

“Eu sou o único tolo que vou brincar com ele”, conta Stuart Gulliver, entre risos, brincado com a relação próxima que foi construindo com Daniel. Segundo Natalie, a convivência fez com que Daniel “ganhasse mais confiança e aprendesse novas palavras”.