Truques para estudar com pés e cabeça

O calendário reserva um fartote de exames em poucos dias? Quer ajudar o seu filho a tirar o máximo proveito do estudo? Pois bem, a pensar na época de exames que está prestes a começar, a “Notícias Magazine” compilou dez dicas para estudar com pés e cabeça.
Unsplash

Usar cartões, fazer esquemas, definir palavras-chave ou mesmo gravar podcasts são algumas das estratégias a ter em conta na hora de preparar as provas importantes.

Os exames nacionais arrancam já na próxima segunda-feira (18 de junho), com a prova de Filosofia do 11.º ano e prolongam-se até 27 de junho – só na primeira fase. Ao todo, entre exames do 11.º e do 12.º ano, são testados os conhecimentos a 22 disciplinas.

As dicas:

1. Ler e reler

Voltar a ler os conteúdos dos livros e dos apontamentos implica concentração. Para ser mais eficiente, a releitura deve acontecer algum tempo depois da primeira leitura – em média, três dias.

1. Sublinhar
Destacar o que é mais relevante saber, assuntos principais e secundários. É uma técnica complementar ao estudo e não uma estratégia inicial.

3. Cartões
De um lado uma pergunta ou conceito, do outro a resposta ou a explicação. Útil para reforçar vocabulário nas línguas estrangeiras ou para estudar figuras históricas.

4. Resumos
A base de qualquer método de estudo. Fazer apontamentos de aulas, livros, internet e outras fontes, e resumir conteúdos.

5. Praticar
Fazer exercícios para verificar se os conteúdos estão ou não apreendidos. Resolver testes mais avançados, exercícios feitos na aula e os que constam no livro.

6. Esquemas
Um corpo gráfico com a matéria, relação entre conteúdos, resumos. Tudo condensado num desenho que ajuda a descomplicar o que é preciso saber para o teste.

7. Pensar em voz alta
Falar sobre a matéria sem consultar os apontamentos. Imaginar perguntas, responder em voz alta. Em caso de uma branca, parar e anotar para procurar a resposta.

8. Prioridades e objetivos
Definir prioridades para o foco. Anotar os objetivos numa folha e eliminá-los à medida que forem sendo alcançados.

9. Palavra-chave
Escolher uma palavra que dá pistas sobre como chegar a um resultado. Uma forma de memorizar matéria muito específica.

10. Gravador e podcast
Ler os apontamentos em voz alta para um gravador ou para um telemóvel e ouvir a gravação quantas vezes se quiser. Particularmente útil no caso das línguas estrangeiras.