OPINIÃO

Sexo: são estas as canções que mais aumentam o desejo, segundo a ciência

Sim, parece que a música pode ser sexualmente mais estimulante do que o tato, o que é dizer muito. E ainda é dizer mais o facto de haver uma canção considerada melhor do que o próprio sexo.

Texto NM | Fotografia da Shutterstock

A primeira dança, o primeiro beijo, os que se seguiram. Aniversários, idas ao cinema, datas especiais. Que todos temos a banda sonora das nossas vidas já sabíamos, o que se desconhecia até agora era que a música pudesse ser poderosa a ponto de estimular mais do que o toque, durante o sexo.

Quem o afirma é o psicólogo especializado em música Daniel Müllensiefen, da Universidade de Londres, autor do estudo Science Behind The Song (à letra, a ciência por detrás da música), que realizou para o Spotify – o serviço de streaming de música, podcast e vídeo mais conhecido e usado no mundo.

A música ideal não só existe como é capaz de provocar a química perfeita na hora do ato sexual, ajudando a sincronizar energias, respiração e ritmo

Segundo ele, a música ideal não só existe como é capaz de provocar a química perfeita na hora do ato sexual, ajudando a sincronizar energias, respiração e ritmo. Pode, inclusive, ser melhor do que o sexo propriamente dito, se a música em causa for a Bohemian Rhapsody, dos Queen.

Mas há mais. Pesquisando para o mesmo estudo, Müllensiefen concluiu que o clássico Will You Love Me Tomorrow? foi selecionado pelos dois mil entrevistados como sendo a melhor canção para ativar a dupla na cama. O clássico Sexual Healing, de Marvin Gaye, vem logo em segundo lugar, seguido pelo Bolero de Ravel (fica desde já a saber, para referência futura).

«Não é surpresa haver tanta gente a considerar que a música acende», diz Daniel Müllensiefen.

Quanto à música ideal para praticar sexo – a cereja no topo do bolo –, a eleita é a banda sonora do filme Dirty Dancing, escolhida tanto por homens como por mulheres que não esquecem a dança final em que Baby (Jennifer Grey) se lança em voo para os braços de Johnny (Patrick Swayze).

«Não é surpresa haver tanta gente a considerar que a música acende», explica o cientista, familiarizado com esta relação entre música, sedução e romance a partir do momento em que a primeira ativa no cérebro os mesmos centros de prazer que respondem a estímulos como sexo, comida e droga.

Se por acaso se der o caso de ficar com alguma destas canções na cabeça, procure mantê-las a soar até chegar a casa. Enquanto isso, veja na nossa fotogaleria a lista completa das 10 melhores músicas para ouvir durante o sexo, segundo o Spotify.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.