Telefonistas, professoras, enfermeiras, lavadeiras, artistas, operárias, camponesas, advogadas, polícias, militares. As mulheres portuguesas trabalham há séculos. Fora de casa e dentro dela. Muitas vezes garantindo o sustento da família, nem sempre conquistando a emancipação. Desde o 25 de abril de 1974, são, na Europa, das que estão mais presentes no mercado de trabalho. Fomos ao arquivo do Diário de Notícias e encontrámos provas desta presença constante desde o início do século XX. O Dia Internacional da Mulher é sobre isto: o trabalho, a igualdade, os direitos, a liberdade.

Fotografia Arquivo DN

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.