E se lhe dissermos que, num discreto armazém da Maia, a Edisco recuperou a magia da fita magnética e vai produzir, este ano, mais de 100 mil cassetes? Parece uma viagem no tempo - às décadas de 80 ou 90 - mas não é. Em 2010, a família que fundou a empresa apercebeu-se de que "o pessoal do metal nunca deixou de usar cassete" e soube agarrar a oportunidade de multiplicar as encomendas.