Nunca o desligamos, levamo-lo para todo lado, compramos o último modelo, se fica sem bateria corremos para casa para o ligar? Hoje em dia, a relação mais viciante que mantemos é com o nosso telemóvel. E esta dependência acaba por afetar as relações pessoais, no trabalho e até na saúde. Não estará na altura de «darmos um tempo» ao telefone para conseguirmos aproveitar melhor cada momento?