Das cápsulas de café saem agora imagens

Texto de Pedro Emanuel Santos

Um projeto da Nespresso reaproveita o alumínio dos invólucros das cápsulas de café da marca. Em que nova vida se transforma o material? Na componente principal da Ecocamera, uma máquina fotográfica “pinhole”, inteiramente analógica. Ou seja, não tem lente e conta com entrada mínima de luz, quase como nos primórdios da fotografia.

Os fotógrafos António Homem Cardoso, Armando Bento e Joel Santos foram desafiados pela Nespresso a fotografar com uma Ecomera paisagens e lugares que os três gostariam de encontrar se voltassem à Terra daqui a 200 anos. Ou seja, em pleno século XXIII. Uma espécie de viagem pelo presente com o objetivo de deixar um legado para o futuro.

As escolhas foram variadas e relatam uma amostra de um Portugal carregado de História em simbiose com pedaços característicos de Natureza.

“Foi um desafio muito agradável, praticamente como voltar ao quase zero da fotografia”, descreveu à “Notícias Magazine” António Homem Cardoso, que com a sua “pinhole” procurou, essencialmente, retratos de “um sentido de portugalidade”. A portugalidade que conseguiu encontrar em monumentos como a Torre de Belém ou o Mosteiros dos Jerónimos, “símbolos de um património riquíssimo, único na Europa e no mundo”. Mesmo com luz mínima e outros senãos – afinal, a magia das “pinhole”.