Cãibras: porque existem e como evitá-las

Tem dores repentinas nas pernas, nos pés e não sabe porquê? A resposta pode estar nos seus níveis de colesterol ou na sua hidratação.

Texto de Alexandra Pedro | Fotografias DR

As cãibras são recorrentes entre atletas (e não só) e podem ser bastante incómodas. Mas o que causa esta dor aguda?

De acordo com o Independent, muitas vezes a origem de algumas contrações do tecido muscular não é clara, mas podem ser justificadas por alguns fatores. Entre eles, o envelhecimento, exercícios esgotantes, tensão alta, a medicação para o colesterol ou a desidratação.

Nos momentos finais de alguns jogos de futebol de ritmo mais intenso, muitas vezes veem-se atletas deitados no chão com dores. Rapidamente são socorridos pelos colegas de equipa que lhes esticam a perna – esta é uma das técnicas utilizadas para minimizar a dor.

Exercícios de alongamentos regulares, principalmente na zona dos gémeos, são importantes para evitar a prevenir as cãibras.

No entanto, as cãibras não são exclusivas de atletas de alta competição. Em muitos casos verificam-se também em pessoas com estilos de vida mais sedentários. De acordo com o Independent, a maioria das pessoas tem cãibras quando descansa ou se prepara para dormir.

Exercícios de alongamentos regulares, principalmente na zona dos gémeos, são importantes para evitar a prevenir as cãibras.

A alimentação também pode ajudar a prevenir estas contrações involuntárias do músculo. Alimentos ricos em potássio, como as bananas, batatas ou feijão, podem ajudar a ter menos surpresas.

No entanto, as cãibras estão relacionadas também com a carência de nutrientes no organismo, principalmente o magnésio e por isso deve ingerir também alimentos ricos nesse elemento, como amêndoas.

Veja a fotogaleria em cima com alguns dos alimentos que deve comer para prevenir cãibras musculares.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.