OPINIÃO

Estes brinquedos são tão repugnantes que quase nos fazem ter saudades dos fidget spinners

Acha mesmo que já nada pode surpreendê-lo? Pois existe um fenómeno na internet que consiste em ver pessoas a espremerem borbulhas. E parece ser tão viciante que muitas compram brinquedos para simularem o ato. Nota importante: se por acaso estiver a comer, guarde este artigo para ler mais tarde.

Texto NM | Fotografia da Shutterstock

É o terror de qualquer um que se vê ao espelho pela manhã: numa só noite, uma borbulha apareceu onde antes havia pele lisa. O nosso humor não melhora, mas rebentá-la é um prazer inegável (e não muito nojento aos nossos olhos). O que dizer, porém, de ver outros espremerem as suas próprias borbulhas? E quando este guilty pleasure é tão compulsivo que já deu origem a brinquedos que simulam o ato completo?

O Pop it Pal – assim se chama a nova diversão que destronou os fidget spinners a manterem-nos as mãos ocupadas – é um quadrado de silicone a simular pele em dois tons (caucasiana e negra), com 15 poros e um frasco de pus amarelado para ir renovando o prazer de espremê-los, uma e outra vez.

O pimple popping mobiliza milhões de seguidores de estômago forte.

Se entretanto ficou a pensar quem raio consegue ver estas nojices no YouTube e no Instagram, saiba que o fenómeno já tem designação em inglês e tudo – pimple popping, que à letra significa rebentar borbulhas – e mobiliza milhões de seguidores de estômago forte, dificilmente impressionáveis.

Mais nojento ainda (acredite, é possível): existem rankings que avaliam os melhores vídeos de borbulhas, pontos negros, pelos encravados e outras protuberâncias do género espremidos em 2017. Fãs que não conseguem parar de ver chegam, inclusive, a questionar a qualidade do pus expelido no processo, comparando e comentando as características das secreções.

«Há algo de satisfatório e limpo em ver um quisto a rebentar», diz a dermatologista Sandra Lee.

«Há, definitivamente, algo de satisfatório e limpo em ver um quisto a rebentar ou um ponto negro a ser removido», explica a dermatologista de Los Angeles Sandra Lee, viral pelos vídeos que assina como Dr. Pimple Popper. «Pode ser terapêutico e até relaxante para quem gosta de os ver antes de ir para a cama ou no final de um longo dia.»

E não, a lista de brinquedos nojentos não fica por aqui. Se não acredita, basta espreitar a nossa fotogaleria para perceber que a imaginação não tem limites no que toca ao nosso fascínio por coisas repugnantes.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.