De azul se faz a consciencialização do autismo

Esta segunda-feira, 2 de Abril, assinala-se o Dia Mundial da Consciencialização do Autismo. Por todo o mundo, é a cor azul que homenageia as pessoas que sofrem deste distúrbio.

Texto de Alexandra Pedro | Fotografia DR

«Light It Up Blue» é o nome da campanha que assinala o Dia Mundial da Consciencialização do Autismo esta segunda-feira, 2 de abril.

O objetivo é que através do azul se possa sensibilizar as pessoas para as perturbações do espetro do autismo que afetam cerca de 1% da população mundial, de acordo com a organização Autism Society.

Analisar a forma como as crianças falam e o que fazem pode ser essencial para perceber se há efetivamente sintomas de autismo

Em Portugal, sabe-se que o município de Silves, por exemplo, vai juntar-se ao movimento e iluminar a Cruz de Portugal de azul. Em Guimarães o cenário repete-se: a fachada da câmara municipal também vai ficar em tons de azul.

Em Espanha, o objetivo é alcançar mais de 300 edifícios, tais como assembleias, parlamentos regionais e monumentos, de acordo com o jornal El Mundo.

Nas redes sociais, através do hashtag #LightItUpBlue, também se podem ver várias manifestações de solidariedade com a doença.

Diagnóstico pode melhorar qualidade de vida

A organização American Psychiatric Association explica que um diagnóstico precoce pode ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas com autismo, bem como dos seus familiares. Não havendo um exame específico, a avaliação tem de ser feita através da observação.

Analisar a forma como as crianças falam e o que fazem, em comparação com as crianças da sua idade, pode ser essencial para perceber se há efetivamente sintomas de autismo.

A Associação Vencer Autismo explica, através do seu site oficial, algumas das características predominantes nas pessoas com autismo, entre elas a sensibilidade sensorial, a repetição de comportamento ou a comunicação.

Percorra a fotogaleria e saiba mais sobre a doença.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.