Sexo: 6 coisas a experimentar para ter mais prazer em 2018

E quem diz experimentar, diz repetir. Vale tudo para que as resoluções de Ano Novo relacionadas com sexo não se fiquem pelo papel e possamos, todos nós, dar um novo fôlego à nossa vida amorosa em 2018. De preferência a começar logo em janeiro.

Texto NM | Fotografias da Shutterstock

VIAGENS A DOIS

Tal como estará já a pensar nas férias que fará para o ano (e onde e quando), comece a engendrar também algumas escapadelas românticas a dois, com o objetivo de deixar a rotina para trás e focar-se no parceiro. Não precisa de ser uma grande viagem aos confins do mundo: um par de dias «roubados» à agenda de vez em quando podem fazer milagres pelo casal. Quem o diz são os especialistas em sexo: se a vontade já não é tão espontânea como antes, planeie momentos especiais e faça-os acontecer.

SEXO FORA DA CAIXA

Neste caso, é mais fora da cama. Lembra-se de quando não se largavam e tinham para namorar a toda a hora, por mais cansados que viessem do trabalho? Pois recupere um pouco desse alento levando o sexo para sítios imprevistos como a cozinha, um vão de escada (e não, não precisa de ser o seu, não vão os vizinhos apanhar-vos em flagrante) ou qualquer outro a que a imaginação vos levar.

BRINQUEDOS PARA ADULTOS

Há-os de todos os tamanhos, materiais e feitios em qualquer loja da especialidade, e pode mesmo encomendá-los na internet se ainda se sentir desconfortável com a compra em presença. Vibradores de 17,8 centímetros, tintas corporais, géis estimulantes, óleos afrodisíacos e até chicotes de madeira e couro surgem no top 10 dos artigos mais vendidos em Portugal, segundo os grandes vendedores de produtos eróticos no país. O melhor é que pode brincar com ou sem companhia: vale tudo para descobrir o próprio corpo e aquilo que lhe dá, de facto, mais prazer.

SEXO CASUAL

A menos que ande à procura de lenha para se queimar, este ponto específico serve só para solteiros. O que não invalida que o sexo casual possa ser uma ótima experiência com múltiplos benefícios associados, a avaliar por um estudo conduzido pelas universidades de Nova Iorque e Cornell, nos EUA. Após analisar 371 estudantes universitários, a pesquisa concluiu que fazer sexo casual traz confiança, satisfação e bem-estar, além de estar relacionado com níveis mais baixos de ansiedade e depressão em quem o pratica. Se a oportunidade surgir…

MENSAGENS ERÓTICAS

Podem ser um ótimo apimentador de relações, sobretudo para os mais envergonhados que preferem escrever a ter de falar com o outro, de viva voz. Combinaram uma saída à noite? Nada impede que envie ao parceiro um texto, uma fotografia ou um vídeo seu mais ousado, a dar-lhe uma ideia do que o espera. Até porque um estudo de 2015 da Universidade Drexel, de Filadélfia, EUA, garante que casais que trocam mensagens sexuais pelo telemóvel – um poderoso mecanismo erótico – alcançam maior satisfação física e afetiva.

PARTIR À AVENTURA

Diferente das viagens de casal de que lhe falávamos no início, este é outro ponto que serve apenas para pessoas descomprometidas, uma vez que passa por viajar à aventura sozinho (ou com alguém no mesmo comprimento de onda), disposto a conhecer gente nova e, quem sabe, a embarcar num amor daqueles que parecem só acontecer nos filmes românticos. Abra-se ao desconhecido neste novo ano. Se no final da experiência não tiver encontrado a sua alma gémea, terá pelo menos uma série de momentos incríveis para recordar.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.