O que os nossos olhos veem parece saído de um filme de ficção. Mas é tudo realidade. Homens que disparam, esfaqueiam, atropelam, atiram a matar. Pessoas mortas e feridas sem qualquer explicação. Há menos de 24 horas, um homem matou mais de 50 pessoas que assistiam a um festival de música country em Las Vegas. Os atentados parecem estar a tornar-se uma rotina.

 

Ontem foi em Las Vegas. O Daesh reivindicou, mas o FBI não confirma como terrorista (será o quê, então?) o ataque de um atirador que se suicidou após ferir 500 pessoas e matar 58.

Seja como for, Nova Iorque, Paris, Londres, Madrid, Nice, Orlando, Tunísia, Istambul, Barcelona. Perdemos a conta.

A morte entra-nos casa adentro todos os dias com imagens de atentados que matam sem dó nem piedade quem está no local errado à hora errada.

O mundo, impreparado para digerir tanto ódio, segue em frente. Até quando?

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.