OPINIÃO

Conferência Notícias Magazine: um dia para falar sobre a família

A Notícias Magazine convidou os leitores para uma grande conferência sobre famílias, com a presença do psicólogo Eduardo Sá, do jornalista brasileiro Marcos Piangers e da terapeuta de bebés Constança Cordeiro Ferreira.
Lisboa, 11/10/2017 - Decorre esta manhã no ISCTE a conferencia promovida pela revista Notícias Magazine, sob o o tema: Retrato de Família. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Veja aqui os vários momentos da conferência «Retrato de Família»:

Por muitos livros que leiam, por mais cursos que tirem, nenhuns pais estão preparados para o que os espera com um filho. Há a amamentação, os choros, os mimos, cada criança um mundo diferente do outro. E agora, o que fazemos? Que famílias temos? Como se chega ao meio-termo entre o que é saudável e o que nos faz felizes? Para tudo isto houve respostas na grande conferência «Retrato de Família», que a Notícias Magazine levou ao auditório do ISCTE a 11 de outubro, em Lisboa, a propósito dos 25 anos da marca.

Ao longo do dia houve debates, apresentações, palestras e dúvidas de mães e pais. Contámos com a presença do psicólogo Eduardo Sá, da terapeuta de bebés Constança Cordeiro Ferreira e do jornalista e autor brasileiro Marcos Piangers.

«É PRECISO REABILITAR O SEXTO SENTIDO DAS MÃES, MUITO MAIS SENSATO DO QUE TODOS OS BLOGUES QUE POSSAM LER.»

Catarina Carvalho, diretora da Notícias Magazine, abriu a conferência passando em revista os 25 anos da marca. Ao longo destas duas décadas e meia, a primeira revista semanal distribuída com dois jornais em Portugal tornou-se uma referência em educação, saúde e comportamento, com grandes entrevistas e reportagens. Mas a família foi-se afirmando cada vez mais como um tema central – se o é nas nossas vidas, também o deveria ser numa revista de leitura calma, ao fim-de-semana. Por essa razão, a conferência que organizámos, inserida nas celebrações do 25.º aniversário da marca, só podia ter esse mote.

«É preciso reabilitar o sexto sentido das mães, muito mais sensato do que todos os blogues que possam ler», disse Eduardo Sá. «Reabilitar o dedo que adivinha e o direito de assumir que os pais se contradizem e enfurecem.» O psicólogo falava nos pequenos passos que podemos dar para melhorar a relação com os filhos. «É preciso escutar com o coração. Reabilitar o amor.»

A terapeuta de bebés Constança Cordeiro Ferreira concorda: «Mais do que consultar manuais de instruções, é importante perceber o nosso bebé», diz a também conselheira de aleitamento materno da OMS/Unicef. Dúvidas vai haver sempre, muitas. E angústias, sejam os pais de primeira viagem – caso da cantora Ana Bacalhau – ou de muitas viagens – como as mommy bloggers Sónia Morais Santos, Catarina Beato e Diana Ralha, que lhe perguntaram sobre atividades infantis, leite materno e colo.

SER PAI TAMBÉM É MUDAR FRALDAS, LEVAR OS FILHOS À ESCOLA, SER PRESENTE.

E onde ficam os homens neste universo ainda predominantemente feminino? «A mudar», considera João Gomes Pedro, o médico que revolucionou a pediatria em Portugal. Em 50 anos de profissão viu transformar-se a medicina e os próprios pais, mais dispostos a quebrar tabus para se envolverem no projeto da paternidade (o tal reabilitar do amor de que falava Eduardo Sá).

Homens escrevem agora sobre família entre a realidade e a ficção – começando pelo editor executivo da revista, Paulo Farinha, que assina a rubrica de crónicas semanal Vida em Comum. Descobrem – como descobriu o autor brasileiro Marcos Piangers, que fechou a conferência – que ser pai também é mudar fraldas, levar os filhos à escola e, sobretudo, estar presente.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.