OPINIÃO

Noivas em forma

Maio é mês de casamentos, mas também de nervos...

É dos momentos mais sonhados por qualquer mulher, mas os preparativos exigem-lhes tanto que muitas chegam ao seu próprio casamento de rastos, deprimidas e sem brilho. O projeto Noiva Elegante surge para lhes tratar da saúde. Na alegria e na tristeza, mimando-as e respeitando-as, naquele dia único e em todos os outros das suas vidas.

Leonardo e Maria José são românticos, mas sobretudo muito pragmáticos: sabem como o casamento é importante para uma mulher. Durante meses a noiva debate-se até à inconsciência com pormenores da festa, a opinião dos futuros sogros, a animação. Confere ementas e a lista de convidados pela milésima vez, não vá dar-se o caso de desgostar alguém. É capaz de ter sonhado a vida inteira com aquele momento, mas só de pensar que será o centro das atenções, velada no seu vestido de Cinderela à espera de entrar pela mão do pai, a pressão rouba-lhe o sorriso quando devia estar mais feliz do que nunca. E se tiver peso a mais no grande dia? As amigas irão reparar no cansaço? Apontar-lhe a pele baça sob a maquilhagem? O projeto Noiva Elegante surge da necessidade de se realizar um sonho em todos os sentidos. Para que a nubente não sinta que lhe falta algo para brilhar todos os dias da sua vida além daquele em especial.

«A ideia arrancou oficialmente em janeiro deste ano, na Exponoivos, mas surgiu há cerca de nove meses, ao percebermos que muitos dos clientes que nos visitam nas quintas nem sempre estão felizes», conta Maria José Ventura, 48 anos e uma das mentoras. Ao princípio atribuía essa ansiedade aos preparativos, sempre exigentes e sujeitos a dar para o torto até ao final. Depois, tão experiente em casamentos como nas angústias femininas, foi-se dando conta de que havia mais qualquer coisa a faltar na equação. «Era suposto estarmos ali a planear um dia fantástico e elas apareciam deprimidas, ansiosas, em conflito consigo mesmas. Nem precisavam de ser gordinhas, apesar de ser por isso que a maioria nos procura. Muitas magras também necessitam de ajuda.» Daí que a Noiva Elegante surja como um programa de mudança de estilo de vida, que faz as mulheres chegarem ao casamento física e mentalmente radiosas.

«O objetivo não é só tratar aquela noiva que esteja em baixo de forma a nível corporal, mas igualmente as que estão fora de forma emocional», confirma Leonardo Monteiro, 39 anos e especialista em acupuntura e medicina chinesa nas áreas da terapia da dor, desporto e antienvelhecimento. «Existe a preocupação do vestido, de estarem perfeitas como sempre imaginaram, de encontrarem uma maquilhadora que disfarce a pele oleosa e um cabeleireiro que faça maravilhas com o penteado. O stress é incrível, mas temos como melhorá-lo trabalhando de dentro para fora», diz. Tudo começa com uma avaliação física, nutricional e um diagnóstico de medicina tradicional chinesa, a partir dos quais se inicia então um programa personalizado, adaptado ao perfil e necessidades da noiva, distribuído por quatro, oito ou 12 meses consoante o seu grau de dedicação – aquilo que consideram ser respetivamente uma estratégia very high (puxada), moderate (moderada) ou low (branda).

«Por norma, as noivas não escolhem o plano de um ano. Preferem sofrer mais em menos tempo», brinca Leonardo, sublinhando que o método é dinâmico e inclui sempre sessões de acupuntura, quiroprática, nutrição, acupuntura auricular, treino funcional de fortalecimento muscular, uma dieta hiperproteica cetogénica (ele próprio experimentou durante 22 dias e perdeu dez quilos) e a toma de sumos medicinais funcionais e sumos desintoxicantes, nada de mixórdias de beterraba com couve nem de comer uma torrada com manteiga sem sal o dia inteiro. «Dependendo do caso e dos objetivos definidos com a noiva, logo vemos se começamos com a dieta, os sumos, o exercício ou outra coisa qualquer, e durante quanto tempo. Temos uma grande preocupação não só em acelerar o processo de desintoxicação e emagrecimento, como em melhorar os aspetos corporal, mental e emocional de forma a realçar a elegância natural da mulher.»

São tudo bons hábitos a manter depois de o casamento passar, sublinha, sobretudo por uma questão de saúde. O projeto não é feminista ao ponto de excluir os noivos da terapêutica: também eles são bem-vindos se quiserem subir ao altar prontos para lançarem foguetes, beijarem as esposas e irem a correr apanhar as canas com elas ao colo. Simplesmente, assenta num treino individualizado – e exigente – a que os homens parecem menos recetivos, talvez por se enervarem menos nesse processo de pensar a festa. «O feedback tem sido fantástico, principalmente por não haver nada igual no mercado dos casamentos», orgulha-se Leonardo. Para a sócia, a possibilidade de as noivas serem seguidas na quinta onde vão casar, acompanhadas pelas pessoas que estarão lá no grande dia, «é meio caminho andado para se livrarem da angústia».

Foi completamente por acaso que os destinos de ambos se cruzaram. Ela, com uma hérnia cervical que a incapacita de tempos a tempos, acabou no consultório dele há dois anos a fazer acupuntura. Numa conversa sobre comida, ele referiu que é vegetariano e ofereceu-se para cozinhar uns petiscos para ela provar: bifinhos de seitan ao molho Madeira com cogumelos, arroz aromatizado com cravinho, alho francês à Brás, pimento recheado com quinoa e cogumelos. Ela gostou tanto que o convidou a reinventar a ementa “verde” das festas e a amizade cresceu alavancada no trabalho: criaram a Noiva Elegante e desenvolveram um projeto de sumos medicinais e funcionais, preparados nas mesmas cozinhas que asseguram os caterings da Prenúncio de Festa – a empresa de produção de eventos supervisionada por Maria José.

No início de maio, a dupla foi ao Brasil tratar de assuntos pessoais, alheia à viagem do outro, e encontrou-se por acaso no desembarque em São Paulo. Aproveitou para estreitar relações na cidade e no Rio de Janeiro, os maiores cerimonialistas do mercado brasileiro, e começar a fazer os mercados internacionais. «Dos 280 mil casamentos que se realizarão este ano em São Paulo, mil noivos são adeptos do chamado destination wedding e vão casar fora», aponta Leonardo, ele próprio brasileiro de Minas Gerais a viver há 11 anos em Lisboa, que não troca por nada. Passam por Portugal para irem casar a Veneza, Florença, Paris, julgando que cá só temos bacalhau e pastéis de nata. «E isto quando, na verdade, existem lugares encantadores, onde podem fazer casamentos principescos por um terço do que pagariam lá fora.» Também aqui entra a Noiva Elegante: as mulheres casadoiras chegarão até um mês antes, aproveitando para tirar umas férias enquanto cuidam de si. «Quanto mais disciplinadas forem, mais fácil será compensar a escassez de tempo.»

O plano low, tudo incluído, rondará os 250 euros mensais consoante o diagnóstico, a estratégia adotada e o facto de a noiva ir casar ou não nos espaços da Prenúncio de Festa: quintas do Lumarinho (em Montelavar) e Pinhal das Confreirias (Almargem do Bispo), além dos palácios da Pena, de Sintra e Monserrate com que trabalham. O programa very high pode chegar aos 500 euros e assegura que ela chegue gloriosa ao seu dia especial. «Qualquer período escolhido é adaptado a uma realidade, não prometemos milagres», ressalva o especialista, que em 15 dias consegue uma melhoria emocional, do volume físico, do aspeto da pele, um programa de desintoxicação intensa e exercício: em suma, muita coisa. Há um ditado que diz não existir outra mulher formosa na boda além da noiva, mas ajuda imenso se ela fizer por isso.

CADA NOIVA SUA SENTENÇA

Inovador e adaptado às características pessoais de cada mulher, o programa Noiva Elegante pode ser feito em quatro, oito ou 12 meses antes do casamento, para que todas subam lindas e saudáveis ao altar.

PLANO LOW (UM ANO)

4 sessões de terapias corporais por mês
4 treinos funcionais por mês
1 semana de sumos desintoxicantes
1 semana de sumos funcionais
2 semanas de nutrição com alimentos de baixo valor calórico
1 sessão com nutricionista

PLANO MODERATE (OITO MESES)

8 sessões de terapias corporais por mês
8 treinos funcionais por mês
1 semana de sumos desintoxicantes
1 semana de sumos funcionais
2 semanas de nutrição com alimentos de baixo valor calórico
1 sessão com nutricionista

PLANO HIGH (QUATRO MESES)

12 sessões de terapias corporais por mês
12 treinos funcionais por mês
1 semana de sumos desintoxicantes
1 semana de sumos funcionais
2 semanas de nutrição com alimentos de baixo valor calórico
1 sessão com nutricionista

Informações em www.noivaelegante.eu

Ana Pago
Fotografia: Júlio Lobo Pimentel/Global Imagens