OPINIÃO

Aos dois anos, o Mário já conduzia um kart