OPINIÃO

Devagar… se ama longe

O RESTAURANTE CANSÊRAS serve a norte o melhor da gastronomia alentejana.
Artur Machado/Global Imagens

Esta é a estória de um ladrão de bicicletas que poderia não ter lugar no clássico filme de Vittorio de Sica, mas conquistou um lugar ao sol na restauração minhota. Usando e abusando desse truque magnífico, que é ser a excepção que confirma a regra!

O Cansêras (lido assim com o sotaque típico) é o melhor restaurante alentejano que conheço… fora do Alentejo. Se isto já deve ser considerado um elogio, quero acrescentar que esta casa da Susana e do Jorge, no Lugar de Areias, entre Santo Tirso e Famalicão é mesmo um dos melhores restaurantes alentejanos que conheço no mundo …incluindo os que nunca abalaram de terra alentejana.

Para perceber como é que um restaurante que nunca serve vinho verde nem rojões, nem papas de sarrabulho, tem sucesso no coração do Minho, é mesmo preciso que lá vão ,porque qualquer coisa que eu aqui escrevesse sobre o que já lá provei, ia saber -me a pouco. Porque lá me soube a tanto e portanto, sabe-me sempre a pouco, mais ou menos como cantava o meu conterrâneo Sérgio Godinho.

 

Artur Machado/Global Imagens

Já para perceberem o que faz um alentejano a vender comida (e também muito charme ) no meio do Minho, posso dar uma ajuda ,até porque me pelo por romances que se dão à volta da mesa.

Um dia estava o Jorge posto em sossego no meio de Beja, quando lhe aparece no horizonte visual uma rapariga montada numa bela bicicleta, que ele viu logo que não era da terra, ou não iria a pedalar a meio de uma descida. A Susana, minhota a estudar em Beja , teve e tem pedalada que chegue para arrastar a asa e o resto deste alentejano para o seu Minho de nascença e deste casamento inter regional nasceu o Cansêras. Já lá vão 11 anos , mas como aqui o tempo passa mais devagar , sem stress , até parece que foi ontem.

Para abrir o apetite deixo aqui umas dicas de enfiada. Sopas de tomate com carne de porco alentejana, torresmos e enchidos. Migas à alentejana com entrecosto. Coelho à caçador. Ensopado de borrego. Bacalhau de coentrada. Bochechas de porco alentejano com batata doce. Sopa de cação.

Claro que ainda há muito mais. Nem falei das entradas, onde há um presunto secreto, nem cheguei às sobremesas, mas ia cansar-me muito com isso. Sem falar da lista de vinhos, todos alentejanos, que já são mais de mil. Às tantas, deitar fora os que já não prestam, era uma cansêra e pêras !

RESTAURANTE O CANSÊRAS Rua de Santiago , 347, Lugar de Areias, 4780 Santo Tirso . Telefone: 252862725

O LUGAR ****

A COMIDA *****

O SERVIÇO *****

Manuel Serrão
Fotografia: Artur Machado/Global Imagens