OPINIÃO

Três dias de cinema a 2,5 euros em todo o país

Ver cinema a um preço convidativo, em qualquer sala de Lisboa. É esta a premissa da Festa do Cinema que decorre nos dias 22,23 e 24 de maio. É um convite irrecusável, não é?

Nos próximos dias 22, 23 e 24 de maio, há que limpar a agenda de compromissos e abrir espaço para a sétima arte. A Festa do Cinema está de regresso, pelo terceiro ano consecutivo, sendo já o maior evento promocional de cinema do país.

Em qualquer sala de cinema, cinemateca ou auditório em Portugal, os bilhetes vão estar a 2,50 euros. Serão mais de 10 mil lugares por este preço (mais de metade do preço dos bilhetes em dias normais). Uma clara tentativa de levar mais pessoas ao cinema, o evento foi um sucesso nas duas edições anteriores, com mais de 400 mil espetadores.

A 15 de maio, acontecem dois eventos de apresentação da Festa do Cinema. O primeiro é o debate «Como criar mais hábito de consumo na Sétima Arte», no Cineteatro Capitólio, no Parque Mayer, em Lisboa. O segundo é a apresentação do filme Perdidos, no Cinema São Jorge, do realizador Sérgio Graciano e com os atores Dânia Neto, Afonso Pimentel, Diogo Amaral, Dalila Carmo, Catarina Gouveia e Lourenço Ortigão.

O evento conta com a promoção da APEC – Associação Portuguesa de Empresas Cinematográficas, ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, FEVIP – Associação Portuguesa de Defesa das Obras Audiovisuais e GEDIPE – Associação para a Gestão de Direitos de Autor, Produtores e Editores.

Saiba mais aqui sobre a programação da Festa do Cinema.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.