Seis famílias em que as crianças também gostam de cozinhar

O passatempo Brincar na Cozinha, promovido pela Notícias Magazine e a Teka, selecionou seis famílias que fizeram vídeos caseiros a cozinhar. De hambúrgueres a espetadas, sem faltar a pavlova, os mais novos foram para a cozinha provar que não há idade para se ser um bom chef.

Texto de Ana Patrícia Cardoso

6. Família Simões

Receita: Bolo Arco-Íris
O Francisco (Kiko), de quatro anos, ainda não diz a palavra fermento – «femento?» – e já está a ajudar as irmãs, Maria, 10, e Clara, 8, a fazer a receita do bolo Arco-Íris «que toda a gente nos pede quando vamos a festas» diz a mãe, Rita Simões.
O casal Rita e Alexandre incentivam, desde cedo, os três filhos a participarem nas refeições, afinal, «o tempo passa demasiado rápido e logo estão crescidos. Nós queremos aproveitar cada momento em família. E divertimo-nos muito.» Quando era jovem, Rita nunca teve a confiança para participar em concursos, «nunca achei que fosse ganhar». Com os filhos, quer inverter essa tendência. «Quero que eles ganham essa segurança e que percebam que o importante é participarem e divertirem-se». Com Maria a dar as principais indicações, os três montam o bolo em camadas verde, amarelo e vermelho – as cores de Portugal. O chantilly e as frutas e um pouco de improvisação à mistura dão o toque final, que é muito apetecível.

5. Família Pereira

Receita: Espetadas de Lombinhos de Porco com Bacon
Quim Barreiros e as músicas «Mestre da Culinária» e «Comer, Comer» foram a banda sonora escolhida para o vídeo da família Pereira. Três mulheres põem mãos à obra para cozinhar as «famosas» espetadas de lombinhos de porco com bacon de que «toda a gente gosta». A mais nova, Filipa, de 6 anos, tem até um chapéu de chef, «porque é para ganhar», diz a mãe, Marília, que também participa na receita, juntamente com a cunhada Susana. Desde os quatro que Filipa se aventura na cozinha e já é conhecida pelos «deliciosos queques». No que toca a refeições, «já vai tendo a função de cortar os enchidos, as salsichas ou os queijos.» Na confeção das espetadas, entre a mãe e a tia, a miúda vai ajudando a temperar e a colocar nos pauzinhos, sempre com um ar muito atento. Uma verdadeira profissional. No final, uma mesa farta, com a receita pronta e arroz de cenoura e batatas para acompanhar, alimenta toda a família.

4. Família Silva

Receita: Hambúrgueres Artesanais
É Gabriel, de quatro anos, quem assume o papel principal no vídeo da Família Silva. As gémeas Diana e Laura, de 15 anos, são uma preciosa ajuda e a mãe Cidália está de olho para garantir que corre tudo como planeado. Afinal, os hambúrgueres artesanais têm vários passos e os acompanhamentos também vão ser cozinhados. Há que preparar a carne, juntar-lhe especiarias (Laura gosta particularmente desta parte), sem esquecer o bacon e a cebola fritos ou a beringela. O mais novo vai acompanhando tudo com a curiosidade típica da idade. Com um gosto especial pela culinária que começou a desenvolver-se aos oito anos, nos escuteiros, as gémeas foram as principais impulsionadoras da participação no passatempo Brincar na Cozinha. «Gostam muito de ver o programa Masterchef e estão sempre a pesquisar coisas e a inventar receitas», diz a mãe orgulhosa. Escolheram esta receita porque é fácil de fazer e «cada um pode fazer a sua combinação». E Gabriel tem uma opinião vincada sobre o que quer no seu hambúrguer. «Oh, mãe eu não quero isso (bacon). Não gosto. Eu nunca “o” provei mas já sei que não gosto.»

3. Família Gonçalves

Receita: Panquecas Bom dia
Todas as manhãs, Susana Gonçalves e a filha Filipa, de 10 anos, preparam o pequeno-almoço para a família. Entre as frutas e os iogurtes, são as panquecas que fazem as delícias da mais pequena. Por isso, na hora de escolher uma receita para participar no passatempo Brincar na Cozinha, a decisão não foi difícil. «Nós gostamos, é uma refeição saudável e a Filipa gosta de servi-las de várias formas, mudar os acompanhamentos», diz a mãe. «Variamos muito.» Não é de agora que a filha única ajuda os pais na cozinha. «Desde os 8 anos que vem para a cozinha com curiosidade e estas férias até ficou encarregue das saladas.» Com a receita escolhida, o vídeo não foi deixado ao acaso. Para parecer mais real, fingiram que tinham acabado de acordar e, no final, serviram com mirtilos e mel. Para Susana, «foi muito divertido e nota-se o à vontade da Filipa na cozinha. Mesmo que não ganhemos, já valeu a pena a participação». Chegaram às seis famílias finalistas com a ajuda dos amigos e família, que votaram no videi da receita [ver caixa]. Agora, é esperar pela final em setembro para mostrar ao vivo os dotes da família Gonçalves.

2. Família Coutinho

Receita: Bombons da família
Esta é a verdadeira receita em família. Alexandra Coutinho começa o vídeo do passatempo com um cartaz onde está descrita a receita dos Bombons da Família. Os ajudantes, Francisca, Mariana e Maria e o primo Vicente ouvem atentamente e preparam-se para colocar as «mãos na massa». Não é por acaso que a família Coutinho concorre com um doce. «Tudo o que leva chocolate é bem-vindo aqui por casa», diz Alexandra. «Os bombons são fáceis de fazer e nunca faltam numa reunião de família. Estão mais do que aprovados». Não é de estranhar a presença das crianças na cozinha. «Gostam muito de me ajudar nas refeições e acabamos por inventar receitas juntos. Desta vez, foi um esforço repartido. Enquanto a mãe explica todos os passos, cada um vai executando a sua tarefa, seja cortar marshmallows, partir as bolachas aos pedaços ou derreter a manteiga juntamente a tablete de chocolate. É um verdadeiro trabalho de equipa. No final, os quadrados de bombons estão prontos a servir e Alexandra deixa a sugestão de os colocar num frasco de vidro: «é uma excelente ideia para oferecer à família ou aos amigos.»

1. Família Sousa


Receita: Tarte de bacalhau com legumes
A tarte de bacalhau com legumes iria ser confecionada na cozinha da casa da família Sousa, mas é na cozinha de brincar da filha Camila, de 5 anos, que o vídeo começa. Com um à vontade natural para a ocasião, a pequena faz a introdução ao prato escolhido. A mãe Gabriela explica a razão. «Escolhemos esta tarte porque não é difícil de fazer e bacalhau é sempre um dos pratos favoritos dos portugueses. Porque não fazê-lo de forma diferente?» Camila vai explicando os passos com a confiança de quem já passa algum tempo na cozinha, apesar da idade. «Ela adora ajudar-nos, quer sempre lavar alguma coisa e fingir que está a fazer a mesma coisa na cozinha de brincar. Está sempre a inventar pratos para as bonecas.» Desta vez não foi brincadeira e o gosto pela culinária levou mãe e filha à final do passatempo Brincar na Cozinha que se realiza, ao vivo, em setembro.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.