Da Venezuela, com sabor

Os Tostones com salada de camarão não são tão conhecidos como a Arepa, pão de milho assado na chapa e servido com vários recheios, que é um dos pratos mais típicos da Venezuela. Conheça os outros sabores do país da América do Sul que está a atravessar uma enorme crise política, económica e social. As receitas e confeção são da chef Ysmiley Lourenço, venezuelana a viver em Portugal.

Receitas Ysmiley Lourenço | Produção Adriana Freire | Fotografia Gerardo Santos/Global Imagens

5. AREPAS

Ingredientes: 2,5 chávenas de água, 1 colher de chá de sal, 2 chávenas de farinha de milho pré-cozido (Farinha PAN) e óleo.

Numa taça coloque a água e o sal. Com as mãos, misture o sal, até dissolver. Adicione aos poucos a farinha misturando com as mãos até incorporar e evitando que se formem grumos. Deixe repousar a massa durante três minutos. Divida a massa em 10 bolinhas. Com ajuda das duas mãos, espalme as bolinhas de massa até formar um disco de cerca de um dedo de espessura. Com a ajuda de um guardanapo, espalhe um bocadinho de óleo na superfície de uma frigideira antiaderente e leve a lume brando. Coloque as arepas e deixe cozinhar cerca de dez minutos de cada lado. Abra ao meio e recheie com o que preferir: manteiga, queijo, fiambre, presunto, atum, frango ou carne.

10 PESSOAS | 25 MINUTOS | ECONÓMICO

4. TOSTONES COM SALADA DE CAMARÃO

Ingredientes: Para os tostones: 1 banana pão, verde e grande, óleo para fritar e sal fino. Para a salada: 1 cenoura descascada, ralada, 1 cebola pequena cortada em cubos pequeninos, 200 g de couve roxa cortada em juliana fina, azeite, sumo de limão, sal e 100 g de miolo de camarão cozido

Descasque a banana e corte-a em rodelas de dois dedos de espessura. Frite em óleo, em lume brando, durante cerca de cinco minutos. Retire do lume e escorra-a em papel absorvente. Tempere com sal fino a gosto. Com a ajuda de um martelo de cozinha ou de uma tigela de base plana, esmague as rodelas até ficarem com cerca de cinco milímetros de espessura. Volte a fritar, em lume alto, até dourar. Escorra e reserve. Prepare a salada misturando todos os ingredientes numa tigela e temperando a gosto. Tempere o miolo de camarão cozido com limão e alho. Por cima de cada tostón, coloque uma colher de salada e decore com o miolo de camarão.

8 PESSOAS | 20 MINUTOS | ECONÓMICO

3. CACHAPAS

Ingredientes: Para a massa: 2 chávenas de grão de milho fresco ou em lata, 1 colher de sopa de maisena, ¼ de colher de sal, 1/3 chávena de açúcar, 1 ovo, 1 colher de sopa de água fria, óleo ou manteiga (para fritar). Para o recheio: queijo (mozzarella, semicurado ou provolone).

Ponha todos os ingredientes no copo do liquidificador e liquidifique durante cerca de um minuto sem deixar que os grãos de milho fiquem totalmente triturados. Cubra a superfície de uma frigideira antiaderente de 20 cm de diâmetro com uma ou duas colheres de óleo ou manteiga e leve ao lume. Coloque uma concha da mistura na frigideira e espalhe. Deixe cozinhar em lume brando durante três a quatro minutos, até formar bolhas na superfície e ganhar uma cor tostada na margem. Vire a cachapa e deixe cozinhar do outro lado por um a dois minutos, até dourar. Retire da frigideira, barra metade da superfície com manteiga e ponha o queijo da sua preferência. Dobre ao meio e sirva de imediato.

8 PESSOAS | 50 MINUTOS | ECONÓMICO

2. QUESILLO

Ingredientes: Para o quesillo: 5 ovos, 1 lata de leite condensado, ½ chávena de leite gordo e 1/2 c. de chá de aroma de baunilha. Para o caramelo: 1/2 chávena de açúcar.

Numa forma de 20 cm de diâmetro, coloque o açúcar e leve a lume brando até atingir o ponto de caramelo. Coloque os ingredientes todos do quesillo no copo do liquidificador e bata durante dois minutos. Verta a mistura na forma e leve ao forno a 180° C, em banho-maria, durante 30 a 45 minutos, até cozer. Deixe arrefecer e leve ao frio durante, no mínimo, três horas, antes de servir. Com a ajuda de uma faca, separe o quesillo da forma e vire-o num prato, banhando-o com o caramelo.

10 PESSOAS | 50 MINUTOS | ECONÓMICO

1. YSMILEY LOURENÇO

Lusodescendente nascida e criada na Venezuela, veio para Portugal com 25 anos. Mas as saudades eram tantas que trocou a profissão de farmacêutica para se dedicar à cozinha do país natal. Chef do restaurante Aripo, em Lisboa, também cozinha em casa dos clientes, a pedido (www.thesupperstars.com).

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.