OPINIÃO

As crianças crescem e estes móveis também

Uma cadeira e uma secretária que se ajustam ao crescimento das crianças. A ideia já existia, mas agora há uma marca portuguesa que a pôs em prática.

Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografias Upa-Kids

A ideia surgiu quando Patrícia Machado, mãe de dois filhos, de 5 e 6 anos, começou a procurar mobiliário que se ajustasse ao crescimento dos pequenos sem que tivesse de o trocar a cada ano.

Ao perceber que não havia no mercado a possibilidade de adaptar as peças ao tamanho das crianças, Patrícia e o marido, Gonçalo, decidiram desenhar «uma cadeira e uma secretária evolutivas que pudessem ser utilizadas em conjunto e que ao mesmo tempo fossem seguras, confortáveis e assegurassem que as crianças adotassem uma postura correta na posição sentada, com os pés bem assentes no chão.»

Nasceu assim a UPA KIDS, a marca de mobiliário deste casal que «pretende dar resposta aos encarregados de educação mais exigentes». As duas peças têm cinco níveis distintos pensados para crianças desde os 4 anos até à idade adulta.

Sendo este um investimento a médio e longo prazo, «a poupança considerável» é uma das vantagens apontadas por Patrícia, uma vez «que se tivermos em consideração que para garantir a ergonomia na posição sentada ao longo do período de crescimento teríamos de adquirir cinco cadeiras e cinco secretárias».

A versatilidade das peças, que podem «crescer ou encolher», é inspirada no método Montessori, «que pressupõe um espaço de aprendizagem que esteja adaptado às exigências físicas e psicológicas das crianças. Em casa, o objetivo é que o quarto promova a autonomia dos mais pequenos, para que cresçam com maior independência», explica a responsável.

O feedback dos clientes tem sido positivo e a dupla já está a planear as próximas peças, «uma mesa e banco evolutivos a partir dos 2 anos e uma almofada para o assento da UPA Chair, em parceria com a ilustradora portuguesa Ana Ventura».

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.