OPINIÃO

7 conselhos para ser mais proativo

Adelaide Miranda, empresária de sucesso, diz-lhe o que está verdadeiramente por trás de uma pessoa proativa.

Um dia tem sempre 24 horas, iguais para toda a gente, em qualquer parte do mundo. Não estica nem encolhe à nossa vontade. Não passa mais rápido ou mais lento mesmo se o desejarmos com todas as nossas forças. Então por que raio há quem consiga fazer tanto no mesmo tempo que outros levam a fazer quase nada? Como deitar a mão a tudo o que é importante sem entrar em curto-circuito?

Isto mesmo perguntavam constantemente a Adelaide Miranda, escritora, engenheira, mãe, esposa, manager e agente imobiliária: de que forma era capaz de fazer as mil e uma tarefas de todos os dias? Qual é o segredo? Ver tanto sofrimento à sua volta fê-la finalmente decidir-se a escrever o Guia Prático da Proatividade, um manual em que revela a receita por detrás das pessoas verdadeiramente produtivas.

«Uma das coisas mais importantes é abraçarmos a vida de uma forma natural e divertirmo-nos a fazer aquilo de que gostamos. Aceitarmos o que não conseguimos mudar e mudarmos aquilo que não somos capazes de aceitar e só depende de nós.»

A quem julga que ser proativo se resume a não deixar nada por fazer, Adelaide contrapõe que mais importante ainda do que isso é definir muito bem o que queremos. Procurar aquilo que nos dá alegria e agradecer a caminhada que nos permite alcançá-la.

«Quem corre por gosto não cansa. Quando encontrar o seu eu, a sua essência, o que lhe dá prazer e faz com naturalidade, então vai perceber ser essa a fórmula da proatividade.»

Uma coisa é certa: se o leitor se sente assoberbado e deprimido com tantas tarefas, as dicas que lhe damos na nossa fotogaleria vão ajudá-lo.

guia2
GUIA PRÁTICO DA PROATIVIDADE
Adelaide Miranda
Ed. Capital Books
83 páginas
10 euros

Fotografia: Shutterstock