Seis tratamentos de choque para uma saúde de ferro

1265_bemestar

Publicidade

Já imaginou recorrer a massagens com baba de caracol ou adicionar manteiga ao café?

Costuma-se dizer que para grandes males, grandes remédios, e estes são de facto grandes: em eficácia, arrojo e – há que dizê-lo – excentricidade. Quase de certeza que nenhum será o primeiro de que se vai lembrar em caso de aperto. Mas podia.

GRILO EM PÓ
Está a fazer uma careta feia e a pensar que é coisa que não comia nem que lhe pagassem? Pois então não sabe o que anda a perder. Depois de assados lentamente para perderem a humidade, os grilos são moídos até virarem uma farinha altamente proteica e ficam prontos a servir de base a bolachas, aperitivos (bem mais saudáveis do que batatas fritas), barrinhas para comer à saída do ginásio ou sobremesas (bolo de pó de grilo com larvas é um must). A ONU recomenda dietas à base de insetos para se acabar com a fome no mundo e a devastação de recursos no planeta. Em Famalicão, a Delight Bugs está a apostar neste ramo de negócio. Se mesmo assim sentir alguma repugnância pela ideia, pense apenas que não será muito diferente de comer camarão.

YOGA SEM ROUPA
Pode parecer estranho pensar em praticar como viemos ao mundo, mas não mais do que a que sentiria um yogi indiano ao ver-nos fazer a árvore (vrksasana) ou a postura do pé atrás da cabeça (eka pada sirsasana) enfiados num fato de licra. Aqui, a ideia é deixar cair rótulos e máscaras, despertando uma consciência livre de amarras a todos os níveis, fortalecendo corpo e mente num regresso à essência do yoga. Em Nova Iorque, o sucesso instalou– se graças ao estúdio precursor Bold & Naked, que inspirou outros.Por cá, este yoga livre de preconceitos ainda se limita a uns poucos espaços amigos da modalidade e do naturismo, bem como à casa de cada um seguindo aulas online da Naked Yoga School. É agora que vai ter coragem de pôr a alma a nu?

MASSAGEM DE CARACÓIS
São um ótimo petisco, mas nem imagina quão espetaculares os caracóis podem ser ao natural, vivos, rastejando para lhe massajarem o rosto enquanto removem as impurezas da pele e a nutrem com a sua baba. No Japão, este tratamento facial é dos mais conceituados no mercado dos spas, prometendo milagres anti-idade. Na Tailândia, uma empresa francesa especializada em cuidados do rosto (a Réelle) lançou o mesmo serviço com caracóis importados de França e alimentados com legumes comprados especialmente para eles, de forma a controlar- se a qualidade do muco (nada de deixá-los pastar nas ervas). O ideal é deixá-los fazer a massagem antes de os pôr na panela.

CAFÉ COM MANTEIGA
Não, não é café e pão com manteiga. Aqui a iguaria é mesmo café com duas colheres de sopa de manteiga. Parece que os EUA estão rendidos à mistela batizada de bulletproof coffee – café à prova de bala –, por acreditarem que dá saúde e energia. O criador desta bebida foi o insuspeito Dave Asprey, empresário tecnológico em Silicon Valley e especialista em segurança informática. Diz ele que batendo no liquidificador um café quente pela manhã, com duas colheres de sopa de manteiga e uma de óleo de coco refinado, o corpo perde gordura e o cérebro ganha rendimento. O bulletproof é tão popular que chegou aos basquetebolistas da NBA e às estrelas de Hollywood. Completamente ao nível do pó de grilo e dos shots de carvão.

HIRUDOTERAPIA
Se não sabe o que é, muito provavelmente desejaria continuar sem saber o nome técnico para a terapia com sanguessugas – ter bichos a colarem- se como ventosas e a sugar sangue não é para todos, por maravilhas que façam. E fazem, de facto: produzem uma substância chamada hirudina, anticoagulante e versátil, aplicada no tratamento de varizes, úlceras, retenção de líquidos, colites, gastrites, miomas uterinos, doenças hepáticas e cardiovasculares, bronquite e asma crónicas, toxinas acumuladas e muitos outros problemas de saúde. Hipócrates, Galeno, Paracelso e outros grandes médicos da Antiguidade e Idade Média já as tinham aprovado e escrito sobre elas. O tempo e o conhecimento não os desdisseram. Haja coragem para não querer fugir da cura.

BEBER CARVÃO
Antes de ir já ao grelhador ver o que sobrou do churrasco de sábado, saiba que este carvão vegetal é ativado – processado com oxigénio de modo a criar uma rede de poros no carbono que o torna mais poroso – e tomado em cápsulas, comprimidos ou pó. Há muito que se lhe reconhece eficácia a filtrar água, «puxando» para si gases e substâncias tóxicas, e o mesmo princípio funciona no tratamento de intoxicações alimentares ou medicamentosas, dores estomacais, disenteria hepática, aftas, flatulência, mau hálito, diarreias infeciosas, picadas de animais venenosos como escorpiões, serpentes, aranhas, vespas e até de ressacas após uma noitada de copos. E ainda o leitor se surpreendia com a farinha de grilo…

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.