Os tecidos do verão de 2016

nm1250_moda

Publicidade

Ajudam a suportar o calor que é uma beleza!

As estaçōes quentes pedem roupa fresca e leve, feita à base de tecidos que ajudam a suportar o calor. As coleçōes de verão primam por explorar materiais como o linho, as sedas, os chiffons, a sarja de espessura mais fina ou os cetins mais ou menos encorpados. Seja qual for a estampagem, o corte ou os padrōes, o importante é acompanhar as tendências escolhendo roupa que ajude a suportar o calor.

Contagem decrescente para o verão. A primavera já chegou sem trazer os seus típicos dias de sol e temperaturas mais amenas. As montras das lojas seduzem quem passa expondo as coleções SS 2016 cujos tecidos leves, semitransparentes e fluidos atraem pela forma como assentam nos manequins e pelos cortes que expõem discretamente partes do corpo. Independentemente do estilo ou das sugestões oferecidas pelas marcas comerciais ou de autor, acima de tudo o que atrai o olhar são os tecidos escolhidos para criar as peças que desejamos vestir nos dias quentes que se avizinham.

Entre as preferências estão os linhos, sedas, cetins, organza, georgette, chiffon, musselina, sarja, viscose e algodão, de tingimentos monocor ou multicor; estampagens psicadélicas, florais ou geometrizadas; e texturas simples ou trabalhadas dando efeitos complexos, por vezes alusivos à natureza e à pele de animais exóticos. Para criar efeitos mais fluidos, alguns tecidos são feitos de diferentes misturas: seda e algodão; malha e cetim ou linho; sarja e seda; ou vicose e algodão, entre outras sugestões. Sem esquecer os tecidos tecnológicos que visualmente, e ao toque, podem parecer mais pesados, mas acabam por minimizar o impacto do calor no corpo.

O resultado de qualquer peça de roupa deve ser o de favorecer, havendo tecidos que ajudam a disfarçar ou a mostrar o desejado e o indesejado, por isso, antes de comprar, deve experimentar e perceber se é ou não o modelo adequado.