OPINIÃO

Guterres: edição especial da Notícias Magazine

No próximo domingo, uma Notícias Magazine especial totalmente dedicada a António Guterres.

No dia em que o novo secretário-geral da ONU inicia o seu mandato, preparámos 86 páginas sobre a vida, a carreira, o pensamento político e vocação humanitária do antigo primeiro-ministro português, sem esquecer o árduo trabalho que tem pela frente. Uma revista espacial para guardar.

A jornalista Ana Sousa Dias e o fotógrafo Reinaldo Rodrigues acompanharam António Guterres em Nova Iorque no dia em que prestou juramento perante a Assembleia-Geral das Nações Unidas. A reportagem e entrevista que publicamos permitem não só conhecer melhor o nono secretário-geral da ONU, mas também entrar nos bastidores, acessíveis a poucos, de uma gigantesca estrutura que se espelha pelos quatro cantos do mundo.

«[Na década de 1960], nos bairros de lata de Lisboa a pobreza era impressionante, a degradação das condições de vida das pessoas ao lado da cidade onde se podia viver tão bem como eu vivia… Esse choque levou-me à ação no plano humanitário e depois a compreender os limites dessa ação. Percebi que a solução era política e envolvi-me na política. A minha capacidade de intervenção encontrou as suas limitações e aproveitei uma oportunidade para voltar a dedicar-me ao humanitário mas à escala global. Quando percebi as limitações dessa ação, percebendo outra vez que a solução é política, surgiu esta oportunidade e decidi que me devia candidatar.»

Este é um excerto da entrevista exclusiva conduzida por Ana Sousa Dias na sede da ONU, na qual Guterres explicou porque se interessou por política, por que acha que pode fazer a diferença na vida de tanta gente, como o trabalho que desenvolveu como Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados o ajudou a preparar-se para o maior desafio da sua vida profissional e como o apoio fundamental da família foi essencial ao longo de todo o processo de candidatura – e no que está para vir.

A revista, vendida com o Diário de Notícias e o Jornal de Notícias, explica também como é que Guterres chegou ao topo da diplomacia mundial, as muitas viagens que teve de fazer nos últimos meses e como é que trabalhou a equipa que o ajudou a alcançar este feito extraordinário. Numa cronologia detalhada, recordamos ainda, com a ajuda de fotografias históricas (pode ver algumas na galeria de imagens acima), a vida dedicada ao serviço público.

Jorge Coelho, Vítor Melícias, Seixas da Costa e Guilherme Oliveira Martins são algumas das personalidades que falaram connosco sobre António Guterres, mas também José Maria Aznar, José Ramos Horta, Jean Asselborn, ministro luxemburguês dos Negócios Estrangeiros ou Pedro Pires ex-primeiro-ministro e presidente de Cabo Verde.

E ainda:

Os outros secretários-gerais que antecederam Guterres à frente da ONU.

A ONU de A a Z: Histórias, curiosidades, momentos marcantes e nomes emblemáticos de uma instituição com setenta anos.

A coleção de arte, o edifício de Niemeyer e Le Corbusier e os os filmes e séries ali rodados. Uma geografia de cimento e sonho da nova morada do português.

Os embaixadores em Lisboa dos cinco países membros permanentes do Conselho de Segurança escrevem sobre António Guterres.

Os três grandes desafios que o secretário-geral enfrenta.

O lado menos conhecido do homem que vai liderar a diplomacia mundial.

Paulo Farinha
Ilustração de capa de André Carrilho