OPINIÃO

Estes são os alimentos mais caros do mundo

Nem todos têm uma aparência deliciosa e o preço elevado faz com que estejam apenas ao alcance de algumas carteiras.

Há alguns alimentos tão caros que só conseguimos comer uma vez na vida ou em situações muito específicas, como grandes eventos – a não ser que seja rico e não se importe de gastar parte da sua fortuna com eles. O elevado preço deve-se ao facto de serem produzidos em pouca quantidade ou à sua requintada qualidade.

O jornal espanhol El País fez uma lista com os alimentos mais caros do mundo e pediu à chef María Marte, do El Club Allard, um restaurante com duas estrelas Michelín em Madrid, Espanha, para explicar este fenómeno.

«Em alguns casos é o sabor ou o aroma que fazem com que sejam produtos altamente solicitados. Claro que a sua exclusividade e difícil obtenção elevam o preço. E se tiver em conta que às vezes têm algumas propriedades ou nutrientes originais, isso também vai fazer com que fiquem mais caros à medida que a quantidade aumenta», explicou a chef María Marte ao El País.

Veja, na galeria de imagens acima, quais são os alimentos mais caros do mundo e os respetivos preços.

Cátia Carmo