Alerta escaldão

escaldao

Publicidade

Saiba como proteger a pele depois da exposição solar.

Uma sesta demasiado longa, um dia sem guarda-sol ou a hora errada podem ser suficientes para transformar o bronze de sonho num temível escaldão. Depois do mal feito, saiba como minimizar os danos e garantir a melhor recuperação da pele.

Embora estejamos cada vez mais conscientes dos perigos da exposição solar, por vezes basta um pequeno descuido para acabar o dia de praia com uma lembrança pouco agradável das horas passadas ao sol.
Muito mais do que causa de desconforto, os escaldões representam um perigo real para a saúde, estando associados não só ao envelhecimento precoce da pele como também ao cancro cutâneo. Por isso, mais do que tratar, importa prevenir.

Mas, e se o mal já está feito? Nesta altura, o mais importante é sair imediatamente do sol e tentar arrefecer a pele. Uma forma eficaz de o fazer será tomando um duche de água fria, que também proporcionará uma sensação de alívio. Ao secar o corpo, deve ter cuidado para evitar qualquer fricção com a toalha, que não só poderá provocar dores como piorar a lesão.

Fundamental no processo de recuperação é também a hidratação. Nesta fase, deve beber muitos líquidos, sobretudo água, para ajudar a repor os níveis de hidratação.


Leia também: «Água é (mesmo) vida» e «Refrescos de beleza»


O uso de um after-sun, produtos com fórmulas concebidas especialmente para o efeito, ajudará a refrescar, acalmar e regenerar a pele. Para controlar a dor, é aconselhável tomar também analgésicos ou anti-inflamatórios. Quanto ao vestuário, deverá ser o mais largo, leve e confortável possível.

Esteja atento a sinais de insolação, choque ou desidratação: dores de cabeça, náuseas, vómitos, tonturas ou surgimento de bolhas na pele, entre outros sinais, devem ser levados a sério. Neste caso, deverá procurar assistência médica.


Leia também a entrevista a Cecília Moura, médica dermatologista no Instituto Português de Oncologia de Lisboa, a propósito do cancro da pele. 


PREVENIR AINDA É O MELHOR REMÉDIO
A correta proteção contra os raios solares continua a ser a melhor forma de garantir a saúde da pele. Assim, lembre-se sempre de evitar expor-se ao sol nas horas mais perigosas, entre as 11h00 e as 16h00, aplique protetor solar frequentemente, utilize chapéu e óculos de sol, traga sempre um guarda-sol no carro e mantenha-se hidratado ao longo do dia.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.